Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2222
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Maternidade e vida acadêmica: um estudo sobre os desafios enfrentados por estudantes universitárias mães do Campus da UFPA em Castanhal
Other Titles: Maternity and academic life: a study on the challenges faced by mother university students at the UFPA Campus in Castanhal
metadata.dc.creator: SILVESTRE, Débora Lameira
metadata.dc.contributor.advisor1: NASCIMENTO, Eula Regina Lima
Issue Date: 15-Jul-2019
Citation: SILVESTRE, Débora Lameira. Maternidade e vida acadêmica: um estudo sobre os desafios enfrentados por estudantes universitárias mães do Campus da UFPA em Castanhal. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) -- Campus Universitário de Castanhal, Universidade Federal do Pará, Castanhal, 2019. Disponível em: . Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Esse trabalho tem por objetivo geral analisar os desafios enfrentados por estudantes universitárias mães, tendo em vista compreender como tais estudantes conciliam a maternidade com as exigências do mundo universitário. A escolha dessa temática surgiu a partir da observação de mulheres que mesmo grávidas ou tendo que levar os filhos para a universidade continuaram estudando. E, buscando responder essa questão, realizamos uma investigação de abordagem qualitativa, tendo como instrumentos de coleta de dados, formulário sobre mulheres e maternidade, demandado para as Faculdades do Campus de Castanhal; Entrevistas com cinco (05) mulheres entre 19 a 26 anos que foram mães durante o percurso acadêmico. O lócus foi o Campus Universitário de Castanhal/UFPA. Os autores que favorecem o diálogo sobre Mulher, Maternidade, Educação foram: Elizabeth Badinter (1985), Nancy Chodorow (2002), Louro (1997) Sampaio (2008), (Urpia 2009), Coulon (2009) entre outros. Os resultados no diálogo com a literatura sobre mulher e maternidade apontam que, por muito tempo a mulher foi vista como alguém inferior, incapaz de exercer outro papel que não fosse de dedicar-se a vida privada e a reprodução. Além de que, a maternidade era cercada de restrições à mulher, não podendo em um dado momento histórico se quer amamentar seu filho. Os dados evidenciam que as limitações impostas à figura feminina deixaram a mulher sem direito a educação, por muito tempo, mas aos poucos, com lutas históricas conquistou o acesso à escolarização, chegando ao Ensino Superior, conquistando seu lugar como sujeita de direitos. Bem como, os resultados dos dados assinalam que as dificuldades encontradas pelas universitárias/mães correspondem às responsabilidades referentes ao exercício da dupla função, onde a vivência do desafio e da jornada, somente foi possível pelo apoio incondicional que recebem de suas mães.
Abstract: This paper aims to analyze the challenges faced by mother university students, in order to understand how such students reconcile motherhood with the demands of the university world. The choice of this theme arose from the observation of women who even pregnant or having to take their children to university continued to study. And, seeking to answer this question, we conducted a qualitative approach investigation, having as data collection instruments, form on women and maternity, demanded for the Colleges of Castanhal Campus; Interviews with five (05) women between 19 and 26 years old who were mothers during the academic course. The locus was the University Campus of Castanhal / UFPA. The authors who favor the dialogue about Women, Maternity, Education were: Elizabeth Badinter (1985), Nancy Chodorow (2002), Laurel (1997) Sampaio (2008), (Urpia 2009), Coulon (2009) among others. The results in the dialogue with the literature on women and motherhood indicate that, for a long time, women were seen as inferior, unable to play any role other than devoting themselves to private life and reproduction. Moreover, motherhood was surrounded by restrictions on women, and at no given historical moment one wants to breastfeed her child. The data show that the limitations imposed on the female figure left women without education, for a long time, but gradually, with historical struggles conquered access to schooling, reaching higher education, gaining its place as a subject of rights. As well as, the results of the data indicate that the difficulties encountered by the university students / mothers correspond to the responsibilities related to the exercise of the double function, where the experience of the challenge and the journey was only possible due to the unconditional support they receive from their mothers.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Keywords: Mulheres - Educação (Superior)
Maternidade
Women - Education (Higher)
Motherhood
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Pedagogia - FAPED/CCAST

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_MaternidadeVidaAcademica.pdf657,4 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons