Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2203
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Teoria museológia aplicada a acervos particulares: o caso das famílias da chacina de Belém
metadata.dc.creator: LEÃO, Andrey Manoel Leão de
metadata.dc.contributor.advisor1: NETO MENEZES, Hugo
Issue Date: 2018
Citation: LEÃO, Andrey Manoel Leão de. Teoria museologia aplicada a acervos particulares: o caso das famílias da chacina de Belém. Orientador: Hugo Menezes Neto. 2018. 30 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Museologia) - Faculdade de Artes Visuais, Instituto de Ciências da Arte. Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: https://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2203. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A pesquisa interessou-se em discutir teoria museológica para além dos muros de instituições como os museus. Refletindo sobre aquisição, salvaguarda, exposição, e teoria dos objetos, buscou-se analisar a construção de acervos particulares constituídos de objetos que pertenceram a familiares mortos. Baseado nisso, fez-se um recorte e foram escolhidas mortes em eventos críticos, no caso, ligados a violência urbana. Selecionou-se vítimas do caso conhecido como Chacina de Belém, evento ocorrido em Novembro de 2014, tendo como resultado a morte de 10 pessoas. Com a ajuda do grupo Tela Firme, grupo militante do bairro da Terra Firme, foram contatadas 4 das 10 famílias vítimas da Chacina. As entrevistas ocorreram nas casas dos entrevistados e foram gravadas pelo Núcleo de Experimentações Cinematográficas do curso de Cinema da UFPa. As perguntas feitas nas entrevistas visavam saber sobre como se deu a constituição desses acervos. O que foi guardado? Por que foi guardado? Como está guardado? Onde está guardado? Quando é acessado? Como é exposto? E outras questões.
Abstract: The research was interested in discussing museological theory beyond the walls of institutions such as museums. Reflecting on the acquisition, safeguarding, exhibition, and object theory, we sought to analyze a construction of private collections made up of objects that belonged to dead relatives. Based on this, it made a cut-off and exits deaths choices in critical events, in this case, linked to urban violence. Victims of the case known as Chacina de Belém were selected, an event that occurred in November 2014, resulting in a death of 10 people. With the help of the Tela Firme group, a militant group in the neighborhood of Terra Firme, four of the 10 families that were victims of the Chacina were contacted. As interviewees, they lived in the homes of the interviewees and were recorded by the Cinematographic Experiments Nucleus of the UFPa Cinema course. Questions about the interviews focused on how the collections were formed. What did I keep? Why was it saved? How is it stored? Where is it stored? When is it accessed? How is it exposed? And other issues.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::MUSEOLOGIA
Keywords: Museologia
Chacina de Belém
Musealização
Museology
Musealization
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Curso de Museologia - FAV/ICA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_TeoriaMuseologicaAplicada.pdf237,62 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons