Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2156
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Formação de Acervo x Mineração: a coleção paleontológica do Museu Paraense Emílio Goeldi e sua relação com a mineração no município de Capanema-PA
metadata.dc.creator: SILVA, Rayana Alexandra Sousa da
metadata.dc.contributor.advisor1: COSTA, Sue Anne Regina Ferreira da
metadata.dc.contributor.advisor-co1: PEREIRA, Ana Paula Linhares
Issue Date: 1-Feb-2018
Citation: SILVA, Rayana Alexandra Sousa da. Formação de Acervo x Mineração: a coleção paleontológica do Museu Paraense Emílio Goeldi e sua relação com a mineração no município de Capanema-PA. Orientadora: Sue Anne Regina Ferreira da Costa; Coorientadora: Ana Paula Linhares Pereira. 2018. 24 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Museologia ) - Faculdade de Artes Visuais, Instituto de Ciências da Arte, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: https://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2156. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Neste texto, fazemos uma análise na relação estabelecida entre Paleontologia e Mineração, para a formação de coleções museológicas, partindo da observação da associação entre a formação da coleção do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) e a exploração mineral no município de Capanema-PA. Esta coleção conta, atualmente, com 6.292 exemplares fósseis, dos quais 1.784 procedem diretamente de Capanema, estando distribuídos entre as quatro coleções da seguinte maneira: 22% paleoinvertebrados, 26% paleovertebrados, 6% paleobotânica e 11% microfósseis, cuja maior procedência consiste em materiais oriundos de depósitos sedimentares amazônicos, especialmente da Formação Pirabas. Baseado na importância que o MPEG assume no contexto local, nacional e internacional como uma importante instituição museológica, bem como o papel duplo que as mineradoras assumem no sentido de preservação e o que é destruído para a produção de mercadorias como o cimento. Para isso, faz-se uma análise quantitativa e qualitativa da composição deste acervo, a fim de se refletir sobre questões como: os fósseis como patrimônio; o papel do museu como mediador da relação homem x patrimônio paleontológico; a salvaguarda destes bens, tendo como base a musealização como forma de preservação de bens culturais. Constatou-se que não existe uma medida justa entre aquilo que é transformado em mercadoria e aquilo que é devolvido à sociedade através do museu, visto que há uma disparidade enorme entre a proporção daquilo que entra para a coleção e as toneladas anuais convertidas em produtos. Foi possível refletir acerca das ações mitigatórias que são realizadas atualmente, bem como nas potencialidades geradas a partir do empoderamento da comunidade local em relação a tais bens.
Abstract: In this paper, we analyze the relationship established between Paleontology and Mining, for the formation of museological collections, starting from the observation of the association between the collection of the Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) and the mineral exploration in the municipality of Capanema-PA. This collection currently has 6,292 fossil specimens, of which 1,784 come directly from Capanema, being distributed among the four collections as follows: 22% paleoinvertebrates, 26% paleovertebrates, 6% paleobotanics and 11% microfossils, whose major origin consists of materials from Amazonian sedimentary deposits, especially the Pirabas Formation. Based on the importance that MPEG plays in the local, national and international context as an important museological institution, as well as the double role that the miners assume in the sense of preservation and what is destroyed for the production of goods like cement. For this, a quantitative and qualitative analysis of the composition of this collection is done, in order to reflect on issues such as: fossils as patrimony; the role of the museum as mediator of the relation man x paleontological patrimony; the safeguarding of these assets, based on musealization as a way of preserving cultural assets. It has been found that there is no fair measure between what is turned into merchandise and what is returned to society through the museum, since there is a huge disparity between the proportion of what goes into the collection and the annual tons converted into products. It was possible to reflect on the mitigating actions that are currently being carried out, as well as on the potentialities generated from the empowerment of the local community in relation to such assets.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::MUSEOLOGIA
Keywords: Fósseis
Formação Pirabas
Museu
Patrimônio
Acervo
Fossils
Pirabas Formation
Museum
Patrimony
Collection
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Curso de Museologia - FAV/ICA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_FormacaoAcervoMineracao.pdf795,09 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons