Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2053
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Percepções da equipe multiprofissional da unidade básica de saúde do Guamá sobre as ações de controle da hanseníase
metadata.dc.creator: COSTA, Elayne Cristina Vidal da
MERCES JUNIOR, Nazareno Capela das
metadata.dc.contributor.advisor1: SOUZA, Hilma Solange Lopez
Issue Date: 2016
Citation: COSTA, Elayne Cristina Vidal da; MERCES JUNIOR, Nazareno Capela das. Percepções da equipe multiprofissional da unidade básica de saúde do guamá sobre as ações de controle da hanseníase. Orientadora: Hilma Solange Lopez Souza. 2016. 55 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Faculdade de Enfermagem, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2016. Disponível em: . Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A hanseníase é uma doença infectocontagiosa responsável por deformidades funcionais que trazem implicações e desdobramentos na vida dos sujeitos que portam esta doença. É carregada com um peso simbólico que reforça estigmas e preconceitos milenares, cujas repercussões trazem sérios prejuízos de ordem social e psicológica. A equipe multiprofissional tem um papel fundamental na promoção das ações de controle da doença. Nesse sentido este estudo tem como objetivo descrever as percepções da equipe de saúde que atua na unidade básica de saúde do guamá sobre a hanseníase, pois entendemos que as experiências desses profissionais que lidam todos os dias com dificuldades, imprevistos e problemas para garantir com que essas ações de controle se efetivem, precisam ser elucidadas para que se compreendam como melhorar a assistência. As percepções que estão situadas no campo simbólico, e se manifestam de forma subjetiva, carregam nas entrelinhas dos discursos conhecimentos, experiências e saberes que precisam ser escutados com vista a facilitar a formulação de políticas públicas mais satisfatórias no controle da doença. Este estudo possui uma abordagem qualitativa, do tipo descritivo de inquérito transversal. Foi realizado na Unidade Municipal de Saúde do Guamá, no Município de Belém no estado do Pará, com a equipe multiprofissional de saúde atuante na unidade. Aplicou-se um questionário para identificar o perfil socioprofissional desses trabalhadores, e um roteiro de entrevista semi-estruturada, cuja técnica de coleta de dados ocorreu por meio de uma entrevista aberta em profundidade. A análise dos dados ocorreu através da técnica de análise de conteúdo. Os resultados indicam que cada membro da equipe multiprofissional atua dentro do programa da hanseníase de acordo sua atribuição profissional. As ações de controle da hanseníase são executadas de forma geral, em perspectiva individual e fragmentadas, porém os membros da equipe dentro das suas limitações de infraestrutura, falta de médicos que atendam pacientes com hanseníase, buscam uma integração mais satisfatória. Porém há pouco espaço para realização de educação permanente. A equipe multiprofissional tem um papel fundamental na garantia da resolutividade das ações de controle da hanseníase; é importante que haja uma política integrada de educação permanente para que os profissionais sejam instrumentalizados a promoverem essas ações de forma mais humanizada e integrada.
Abstract: Leprosy is an infectious disease responsible for functional deformities that have implications and consequences in the lives of individuals who carry the disease. It is loaded with a symbolic weight that reinforces stigmas and ancient prejudices, whose effects bring serious damage to social and psychological. The multiprofessional team has a fundamental paper in the promotion of the actions of control of the disease. In this sense this study aims to describe the health team perceptions that operates in the basic health unit of Guama about leprosy, because we understand that experiences of these professionals who deal every day with difficulties, unforeseen and problems to ensure that these control actions be taken, need to be clarified so that they understand how to improve care. Perceptions that are located in symbolic field and manifest subjectively, carry the lines of speeches knowledge, experience and knowledge that need to be heard in order to facilitate formulating more satisfactory public policy in controlling the disease. This study has a qualitative approach, descriptive cross-sectional survey. It was held in Basic unit of Health in Guamá neighborhood with BELÉM city in the state of Pará, with the health care professionals who perform service to users with leprosy. Was a questionnaire to identify the socio-professional profile of these workers, and semi-structured interview, whose data collection technique was through an open in-depth interview. Data analysis occurred through technique content analysis. The results indicate that each member of the multidisciplinary team works within the leprosy according their professional assignment program. Control actions leprosy are performed generally in individual and fragmented perspective, however team members within their infrastructure limitations, lack of doctors meet the unit leprosy patients seek a more satisfactory integration. But there is little room for conducting training, ongoing education and updates. The multidisciplinary team has a key role in ensuring the sucess of actions in leprosy control; It is important to have an integrated education policy permanent so that professionals be exploited to promote these actions more humane and integrated manner.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Keywords: Hanseníase
Assistência multiprofissional
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD ROM
Appears in Collections:Faculdade de Enfermagem - FAENF/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_PercepcoesEquipeMultiprofissional.pdf1,21 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons