Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2037
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Papel da topografia sobre as linhas de instabilidade no leste da Amazônia
metadata.dc.creator: OLIVEIRA, Flávio Augusto Farias D
metadata.dc.contributor.advisor1: COHEN, Julia Clarinda Paiva
Issue Date: 2013
Citation: OLIVEIRA, Flávio Augusto Farias D. Papel da topografia sobre as linhas de instabilidade no leste da Amazônia Orientadora: Julia Clarinda Paiva Cohen. 2013. 29 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Meteorologia) - Faculdade de Meteorologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2013. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2037. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho avaliou o papel da topografia sobre o desenvolvimento das Linhas de Instabilidade que ocorrem na costa do estado do Pará através de estudos observacionais e modelagem numérica. Utilizando precipitação estimada por satélite do CMORPH (http://www.cpc.ncep.noaa.gov), com resolução espacial de 0.25°, realizou-se uma quantificação da precipitação acumulada associada aos dias que ocorreram as linhas de instabilidade com propagação do tipo 2 durante os anos de 2003 a 2010. Através de simulação numérica com o modelo regional BRAMS (http:// http://brams.cptec.inpe.br) de um estudo de caso de uma linha de instabilidade ocorrida no dia 30 de Maio de 2011, avaliou-se o papel da topografia durante o desenvolvimento da mesma desde sua formação, as 15 horas local, até 18 horas após a sua formação. Observou-se que a precipitação associada a este tipo de linha de instabilidade intensifica-se conforme ela se propaga continente adentro. O máximo de precipitação encontra-se em uma região de topografia de até 300 metros, onde a taxa de precipitação dessa linha de instabilidade é mais intensa.
Abstract: This study evaluated the role of topography on the development of squall lines occurring on the coast of the state of Pará through observational studies and numerical modeling. Using satellite rainfall estimate of CMORPH (http://www.cpc.ncep.noaa.gov), with spatial resolution of 0.25°, a quantification of accumulated precipitation associated with the days that occurred squall lines with propagation type 2 during the years 2003 to 2010 was made. Through numerical simulation with the regional model BRAMS (http:// http://brams.cptec.inpe.br) a case study of a squall line that occurred on May 30, 2011, the role of topography was evaluated during its development since its formation, at 15 hours local until 18 hours after its formation. It was observed that precipitation associated with this type of squall line is intensified as it propagates inland. The maximum precipitation is in a region with topography up to 300 meters, where the precipitation rate of this squall line is more intense.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::METEOROLOGIA::INSTRUMENTACAO METEOROLOGICA
Keywords: Topografia
Linha de instabilidade
BRAMS
CMORPH
Santarém (PA)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Meteorologia - FAMET/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_PapelTopografiaLinhas.pdf1,95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.