Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2016
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Estudo mineralógico e geoquímico dos sedimentos da região compreendida entre a Foz do rio Araguari e os Cinturões Lacustres, na Zona Costeira do estado do Amapá
metadata.dc.creator: TEIXEIRA, Marília Carvalho
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVA, José Francisco Berrêdo Reis da
metadata.dc.contributor.advisor-co1: ANGÉLICA, Rômulo Simões
Issue Date: 2013
Citation: TEIXEIRA, Marília Carvalho. Estudo mineralógico e geoquímico dos sedimentos da região compreendida entre a Foz do rio Araguari e os Cinturões Lacustres, na Zona Costeira do estado do Amapá. Orientador: José Francisco Berrêdo Reis da Silva. Coorientador: Rômulo Simões Angélica. 2013. 99 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) - Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2013. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2016. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Os sedimentos terciários e quaternários da região situada entre a foz do Rio Araguari e os Cinturões Lacustres, no Estado do Amapá, compreendem areias, areias siltosas, siltes e siltes arenosos. Mineralogicamente são compostos por quartzo (56%), muscovita (18%), albita (6%), K-feldspatos (traços) e argilominerais, além de óxidos e hidróxidos de ferro e minerais pesados transparentes e opacos. Os argilominerais são compostos por esmectita (53%), caulinita (33%) e illita (14%), além de clorita em quantidades traço. Dentre os minerais pesados transparentes foram identificadas 13 espécies distintas, representadas por três associações principais: as assembleias A (epidoto-hornblenda-hiperstênio-diopsídio-granada) e B (epidoto-zircão-hornblenda-turmalina) correspondem aos sedimentos finos do quaternário e indicam influência de área-fonte de composição predominantemente máfica-ultramáfica e também rochas ígneas félsicas e sedimentares; o conteúdo da assembleia C (zircão-epidoto-turmalina-estaurolita-hornblenda), referente aos sedimentos mais grossos do Terciário, indica influência por área-fonte de composição principalmente félsica, como também rochas sedimentares, e ainda rochas máficas, de forma secundária. Os valores de CIA demonstram que, tanto os sedimentos terciários (> 90) quanto os quaternários (75-85) foram afetados por condições elevadas de intemperismo, sendo mais acentuadas nas amostras do Quaternário.A depleção em La, Th, Sc e Hf, e o conteúdo mais elevado de Co nos sedimentos quaternários reflete a elevada concentração de minerais ferromagnesianos (assembleias A e B) e a sua derivação a partir das rochas da Cordilheira dos Andes e dos sedimentos da Bacia do Solimões. As amostras do Terciário, no entanto, possuem composição mais enriquecida em La, Th, Hf e Zr, indicando abundância de minerais resistatos (assembleia C), como também derivação a partir de fontes mais félsicas dos Escudos Pré-cambrianos e sedimentos retrabalhados da Bacia Sedimentar do Amazonas, misturados em diversas proporções. Portanto, as variações na distribuição dos minerais e elementos químicos nos sedimentos terciários e quaternários estão relacionadas a dois fatores principais: seleção hidráulica durante o transporte e influência de áreas-fonte de composição distinta.
Abstract: The tertiary and quaternary sediments of the region between the mouth of the Rio Araguari and Belts Lacustres in the state of Amapá, comprising sands, silty sands, silts and sandy silts. Mineralogically consist of quartz (56%), muscovite (18%), albite (6%), K-feldspar (trace) and clay as well as oxides and hydroxides of iron and heavy mineral transparent and opaque. The clay minerals are composed of smectite (53%), kaolinite (33%) and illite (14%), and chlorite in trace amounts. Among the transparent heavy minerals were identified 13 distinct species, represented by three major associations: assemblies A (epidote-hornblende-hypersthene-diopside-garnet) and B (epidote-zircon-hornblende-tourmaline) correspond to the fine sediments of Quaternary and indicate influence of source area of predominantly mafic-ultramafic composition and also felsic igneous and sedimentary; the content of the assembly C (zircon-epidote-tourmaline-staurolite-hornblende), referring to the coarser sediments of Tertiary indicates influences by source area of mainly felsic composition, as well as sedimentary rocks, mafic and yet so secondary. CIA values show that both tertiary sediments (> 90) as the quaternary (75-85) were affected by high weathering conditions, being more pronounced in the samples of Quaternary. The depletion in La, Th, Sc and Hf, and higher content of Co in the Quaternary sediments reflects the high concentration of ferromagnesian minerals (assemblies A and B) and its derivation from rocks of the Andes and sediment Solimões Basin. Tertiary samples, however, have more enriched composition of La, Th, Hf and Zr, indicating abundant mineral ltraestables (assembly C), as well as derivation from felsic more sources of Precambrian Shield sand recycled sediments from the Amazon Basin, mixed in various proportions. Therefore, variations in the distribution of minerals and chemical elements in the tertiary and quaternary sediments are related to two main factors: hydraulic fractionation during transport and influence of source areas of different composition.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::MINERALOGIA
Keywords: Mineralogia
Geoquímica de sedimentos
Proveniência
Zona Costeira do Amapá
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EstudoMineralogicoGeoquimico.pdf2,65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.