Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1896
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Empilhamento i-CRS: Uma nova alternativa para o imageamento sísmico
metadata.dc.creator: MOREIRA, Dheymison Alves
metadata.dc.contributor.advisor1: OLIVA, Pedro Andrés Chira
Issue Date: 31-Mar-2014
Citation: MOREIRA, Dheymison Alves. Empilhamento i-CRS: Uma nova alternativa para o imageamento sísmico. Orientador: Pedro Andrés Chira Oliva. 2014. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geofísica) - Faculdade de Geofísica, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2014. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1896 .Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O conhecimento dos tempos de trânsito e as amplitudes das ondas elásticas que se propagam na subsuperfície como consequência de um levantamento sísmico são de fundamental importância em qualquer etapa do processamento sísmico. Uma das etapas do processamento sísmico que utiliza as aproximações de tempo de transito é o empilhamento sísmico. A qualidade desta imagem e sua respectiva estimativa de seus parâmetros dependem da exatidão da aproximação de tempo de trânsito utilizado pelo respectivos métodos de empilhamento sísmico. Nos últimos anos, surgiram métodos de empilhamento com a finalidade de melhorar as limitações do método normal-moveout (NMO) que considera como único parâmetro de empilhamento, (a velocidade NMO) e usa uma curva de empilhamento que leva em consideração a configuração fonte-receptor do tipo common-midpoint (CMP). Estes métodos caracterizam-se por considerar superfícies no empilhamento sísmico a partir de aproximações de tempo de trânsito hiperbólico ou não hiperbólico considerando mais de um parâmetro. Recentemente foi introduzida na literatura geofísica uma nova aproximação de tempo de trânsito não hiperbólico conhecida como Common-Reflection-Surface (CRS) implícita com o objetivo de fazer ela aplicável em um sentido mais geral para meios com heterogeneidade e anisotropia e para a descrição de eventos de reflexão e difração. Neste trabalho, nós aplicamos esta nova aproximação de tempo de trânsito do CRS-implícita em dados sintéticos para testar a eficiência da mesma na simulação de seções ZO e ver o desempenho deste método na recuperação das amplitudes dos traços sísmicos simulados ao ser comparada com o método de empilhamento CRS convencional.
Abstract: Knowledge of transit times and amplitudes of elastic waves that propagate in the subsurface as a result of a seismic survey is important to all the stages of seismic processing. One of these stages of seismic processing that utilizes the approaches of transit time is called: seismic stacking. The image's quality and its corresponding estimated parameters depend on the accuracy of approximation of transit time used by the respective methods of seismic stacking. these past years, methods have emerged stacking in order to improve the limitations of the method normally moveout (NMO) as a single parameter that considers stacking (the NMO velocity) and use a curve stacking that takes into account the source-configuration receptor type common-midpoint (CMP). These methods are characterized by considering the seismic stacking surfaces from time approximations of hyperbolic route or not considering more than one parameter. Recently HAS been introduced in the geophysical literature a new approach of time not hyperbolic transit known as Common-Reflection-Surface (CRS) with the implicit goal of making it applicable in a more general sense for media with heterogeneity and anisotropy and the description of events: reflection and diffraction. In this paper, we apply this new approach to transit time CRS-implicit synthetic to test the efficiency of the same simulation ZO sections and see the performance of this method in the recovery of the amplitude of the simulated to be compared with the method seismic data traces CRS conventional stacking.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOFISICA
Keywords: CRS implícito
Empilhamento multiparamétrico
Eventos de reflexão
Seção sísmica AN simulada
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geofísica - FAGEOF/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TTC_EmpilhamentoICRSAlternativa.pdf1,84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.