Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1895
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Geometria das rochas ferríferas da região de Pedra Branca do Amapari (Amapá)
metadata.dc.creator: SEGUNDO, Roberto Barbalho Leal
metadata.dc.contributor.advisor1: PINHEIRO, Roberto Vizeu Lima
Issue Date: 12-Aug-2011
Citation: SEGUNDO, Roberto Barbalho Leal. Geometria das rochas ferríferas da região de Pedra Branca do Amapari (Amapá). Orientador: Roberto Vizeu Lima Pinheiro. 2011. 84 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) - Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2011. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1895. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho apresenta dados estruturais referentes ao mapeamento em escala de detalhe, (1:2.000) de uma área de aproximadamente 5 km², realizado nas minas de ferro do Projeto Pedra Branca do Amaparí (AP), atualmente em explotação pela Anglo Ferrous. O trabalho concentrou-se especificamente no mapeamento geológico estrutural, com análise geométrica e cinemática. O quadro tectônico regional, no domínio das minas, foi caracterizado pela presença de conjuntos de dobras holomórficas, iniciando a leste por um sinforme com eixo caindo 15/340, em isoclinal, com vergência para NE (transporte de massa ou convergência tectônica de SW para NE), cujos flancos mergulham moderadamente para SW. Estas se ajustando lateralmente, a SW, a um antiforme quilomérico, aberto, com dobras parasíticas menores, com flancos com ângulos de mergulhos baixos, em “M”. Nas minas examinadas foram identificados dois grupos principais de rochas ricas em ferro, com diferentes tramas: (1) rochas bandadas, com lâminas milimétricas de sílica e ferro intercaladas, contínuas ou não. Nesse domínio, as dobras se dispõem em arranjos parasíticos em escalas métricas a decamétricas, provavelmente relacionadas a mecanismo de dobramento flexural, dominado por basculamentos; e (2) rochas foliadas, com foliação milonítica variando de contínua a espaçadas. Nesse domínio predomina a trama foliada de transposição, com a foliação seguindo a direção predominante NW-SE, com mergulhos variando de 20º até sub-vertical, em um típico padrão anastomosado, podendo desenhar dobras intrafoliais com eixos caindo rasos (sub-horizontal a 20º) para NW. Uma terceira trama de caráter mais rúptil (rúptil dúctil) é observada localizadamente, em faixas que cortam as rochas das minas, com direção preferencial E-W. Essa foliação tardia é anastomosada, truncando as dobras. Discordantemente à posição das duas tramas tectônicas presentes existem corpos pegmatóides, intrudidos tardiamente nos espaços de dilatação desenvolvidos nas rochas previamente deformadas. O mapeamento estrutural permitiu a elaboração de um modelo geométrico para o conjunto de rochas ferríferas expostos nas minas, onde prevalecem rochas dobradas sob regime transpressivo, truncadas por zonas de cisalhamento responsáveis pela transposição do acamamento primário das rochas.
Abstract: This study presents structural data undertaken during geological mapping (1:2.000) on an area of about 5 km2 located on the Projeto Predra Branca do Amapari (AP), under the Anglo Ferrous mining control. The research was based on structural mapping (geometrical and kinematics analysis). The regional tectonic framework is characterized by sets of holomorphic folds starting, in the E of the region, with a isoclinal synform plunging 15/340 with flanks dipping moderately towards SW. This set shows a NE vergence (mass flow from SW towards NE). Towards SW occurs a kilometer-scale open antiform, showing low-angle parasitic folds (M geometry). Two main iron-rich rocks are identified on the mines: (1) continuous milimetre-scale banded rocks with typical silica/iron intercalations; these rocks are folded in parasitic sets suggesting a flexural folding mechanism. The second rock type is characterized by (2) an anastomosed myloniic foliation, NW-SE oriented, with dips that vary from 20° to subvertical . The folds on the foliation show low-angle plunges (subhorizontal to 20°) towards NW. A later ductile brittle E-W shear zone cuts all the mine rocks. Pegmatite bodies are present in almost all the rocks. They are very irregular im shape, reflecting their late emplacement along dilational spaces formed due the deformation of the rocks. At the end of this work, a geometrical and kinematics model is presented based on the partially sheared fold flanks, in different scales.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Keywords: Deformação de rochas ferríferas
Depósitos de ferro
Escudo das Guianas
Pedra Branca do Amapari - AP
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_GeometriaRochasFerriferas.pdf12,96 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons