Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1880
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Análise rasa de subsuperfície com radar de penetração no solo (GPR) em depósitos neógenos na praia do Atalaia (Salinas) e Aricuru (Maracanã), Nordeste do estado do Pará
metadata.dc.creator: SILVA, Fabrício Souza da
metadata.dc.contributor.advisor1: NOGUEIRA, Afonso César Rodrigues
Issue Date: 9-Jan-2015
Citation: SILVA, Fabrício Souza da. Análise rasa de subsuperfície com radar de penetração no solo (GPR) em depósitos neógenos na praia do Atalaia (Salinas) e Aricuru (Maracanã), Nordeste do estado do Pará. Orientador: Afonso César Rodrigues Nogueira. 2015. 43 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geofísica) - Faculdade de Geofísica, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2015. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1880. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Estudos geológicos-geofísicos baseados na técnica de Radar de Penetração no Solo (GPR=Ground Penetating Radar) foram realizados na Praia do Atalaia, Município de Salinópolis, e na Vila de Aricuru, Município de Maracanã, Nordeste do Pará. O imageamento de até 5m de profundidade em combinação com dados sedimentológicos, permitiu a identificação de litofácies, geometria de camadas e de estruturas de possível origem tectônica dos depósitos neógenos carbonáticos e siliciclásticos relacionadas, respectivamente, às formações Pirabas e Barreiras, bem como sedimentos quaternários da unidade Pós-Barreiras, que constituem o preenchimento da Plataforma Bragantina. Trabalhos prévios utilizando GPR na Praia do Atalaia, alcançando uma profundidade de até 13m, têm demonstrado o topo deformado da Formação Pirabas. Foi utilizada esta mesma técnica de imageamento raso que embora não tenha alcançado as camadas de carbonatos, as reflexões mostraram uma perfeita correlação com os níveis horizontais de ritmitos e arenitos da Formação Barreiras e que, algumas vezes, registraram paleocanais rasos. Pode-se afirmar que a deformação considerada para os carbonatos na Praia do Atalaia, não são observadas em superfície. As inclinações aleatórias das camadas da Formação Pirabas estão relacionadas à ação erosiva da ação de ondas e correntes de maré que proporcionam a retiradas de litofácies mais finas intercaladas às camadas mais litificadas de carbonato, gerando instabilidades gravitacionais e fraturamento, um típico processo de recuo de falésia. Em Aricuru, onde os siliciclásticos do Barreiras são pouco espessos, a seção de GPR obtida mostrou uma perfeita correlação das reflexões com os níveis carbonáticos horizontais, principalmente os biohermitos que formam níveis de hardgrounds, cuja extensão ocorre por dezenas de metros sob os sedimentos quaternários da praia. Estes depósitos estão interrompidos por uma falha normal, detectada pelo contraste de propriedades físicas entre as litofácies. A aplicação de GPR nos afloramentos de rochas néogenas se traduz em uma importante ferramenta para complementar as observações geológicas, bem como para guiar futuros estudos que visam desvendar a arquitetura do substrato raso na zona costeira da Região do Salgado.
Abstract: Geological-geophysical studies based on Ground Penetrating Radar (GPR) were carried out in the Atalaia Beach, Salinópolis district, and Aricuru village, Maracanã district, northeastern Pará. The 5m depth radar imaging in combination with sedimentological data, allowed the identification of lithofacies, layer geometry and possible tectonic structures in Neogene carbonate and siliciclastic deposits respectively related to Pirabas and Barreiras formations and quaternary sediments of the Post-Barreiras unit, accumulated in the Bragantina Platform. Previous work using GPR in the Atalaia Beach, reaching a depth of up to 13m, have shown tectonic deformation in the upper part of Pirabas Formation. We used this same technique of shallow imaging that it did not reach the layers of carbonates, the reflections showed a perfect correlation with the rhythmite and sandstone horizontal levels of the Barreiras Formation, sometimes recording shallow paleochannels. The deformation considered for carbonates in the Atalaia Beach, are not observed in the surface. Random dip bedding of the Pirabas Formation are related to the erosive action of wave and tidal currents that provide the removal of finer lithofacies interbedded with more lithified carbonate layers, generating gravitational instabilities and fractures, a typical cliff retreat process. In Aricuru where the Barreiras siliciclastic are little thick, the obtained GPR section showed a perfect correlation of reflections with carbonate horizontal levels, especially biohermite forming hardgrounds levels, extend by dozens of meters overlaid by Quaternary beach sediments. These deposits are interrupted by a normal fault, detected by the physical properties contrast of the lithofacies. The application of GPR in Neogene rocks is a important tool to obtain complementary geological observations, as well as, to guide future studies that aimed unravel the shallow substrate architecture in the coastal area of the Salgado Region.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOFISICA::SENSORIAMENTO REMOTO
Keywords: Geologia estratigráfica
Neógeno
Radar de Penetração no Solo
Região do Salgado
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geofísica - FAGEOF/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_AnaliseRasaSubsuperficie.pdf3,67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.