Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1873
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Análise de fácies e reconstituição paleoambiental do limite entre as Formações Cabeças e Longá da bacia do Parnaíba região de Juazeiro do Piauí
metadata.dc.creator: MORASCHE, Raoni Dias
metadata.dc.contributor.advisor1: NOGUEIRA, Afonso César Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor-co1: BARBOSA, Roberto Cesar de Mendonça
Issue Date: 2015
Citation: MORASCHE, Raoni Dias. Análise de fácies e reconstituição paleoambiental do limite entre as Formações Cabeças e Longá da bacia do Parnaíba região de Juazeiro do Piauí. Orientador: Afonso Cesar Rodrigues Nogueira.Coorientador: Roberto Cesar de Mendonça Barbosa. 2015. 74 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) - Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2015. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1873. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O intervalo Neodevoniano-Eocarbonífero na Bacia do Parnaíba, representado pelas formações Cabeças e Longá, registra importantes mudanças nas condições paleoambientais da bacia devido a migração do Paleocontinente Gondwana de regiões polares para subtropicais. Neste sentido, exposições das formações Cabeças e Longá, na região de Juazeiro do Piauí (PI), borda nordeste da bacia, foram alvos de análise faciológia e estratigráfica no intuito de demostrar como as condições de sedimentação responderam às mudanças climáticas e influenciaram na arquitetura do sistema deposicional. A análise de fácies permitiu a individualização de 11 fácies sedimentares: folhelho (Fl), siltito maciço (Sm), arenito maciço (Am), arenito com laminação plana (Ap), arenito com laminação ondulada (Ao), arenito com laminação cruzada (Ac), arenito com laminação cruzada cavalgante (Acv), arenito com estratificação cruzada hummocky (Ah), arenito com estratificação cruzada swaley (Asw), arenito deformado (Ad) e arenito com estratificação cruzada sigmoidal incipiente (Asg). As fácies sedimentares foram agrupadas em três associações de fácies (AF) que registram a implantação de uma frente deltaica dominada por processos fluviais (AF1) da Formação Cabeças que foi afogado pela elevação do nível do mar local, seguido da implantação de uma plataforma costeira dominada por ondas de tempo bom e de tempestade (AF2 e AF3) da Formação Longá. A AF3, em especial, registra camadas tabulares caracterizadas pela intercalação cíclica entre fácies de arenito e folhelho interpretadas aqui como depósitos de turbiditos. A presença de fácies sedimentares associadas aos turbiditos na Formação Longá é descrita de forma inédita nessa pesquisa e pode representar um intervalo potencialmente importante como reservatório da Formação Longá, principal unidade selante do sistema petrolífero Mesodevoniano-Eocarbonífero da Bacia do Parnaíba. Essa descoberta fomenta a necessidade da realização de novos estudos petrofísicos nessas camadas com o objetivo de confirmar a potencialidade destas rochas como um possível reservatório secundário.
Abstract: The Late Devonianian-Early Carboniferous interval of the Parnaíba Basin represented by Cabeças and Longá formations records important changes in paleoenvironmental conditions of the basin. The migration of Gondwana paleocontinent since Polar Regions to subtropical areas caused relative impact in the sedimentation of the basin. Outcrop-based facies and straigraphic analisys of Cabeças and Longá formations, in Juazeiro do Piauí (PI), northeastern edge of the basin, allowed identify how the sedimentation conditions were influenced by climate changes generating different architectures of depositional system. The facies analysis permitted the individualization of 11 sedimentary facies: shale (Fl), massive siltstone (Fm), massive sandstone (Sm), parallel laminated sandstone (Sh), ripple laminated sandstone (Sr), cross laminated sandstone (St), climbing ripples cross laminated sandstone (Scr), hummocky cross bedding sandstone (Sl), swaley cross bedding sandstone (Sls), convolute bedding sandstone (Sc) and sigmoidal cross bedding sandstone (Ss). The sedimentary facies were grouped in three facies associations (FA) that registers the implementation of a deltaic front dominated by fluvial processes (AF1) of Cabeças Formation which was drowned by rising sea level, followed by an implantation of a coastal platform dominated by good weather waves and storm (AF2 and AF3) of Longá Formation. The AF3, in particular, registers tabular layers characterized by cyclical intercalation between sandstone facies and shale here interpreted as turbidity deposit. The presence of sedimentary facies associated to turbidites in Longá Formation is described in an unprecedented way in this research and may represent a porous interval in the main sealant unit on the Mesodevoniano-Eocarbonífero oil system of Parnaíba Basin. This finding promotes the need to carry out new petrophysical studies in these layers in order to confirm the potential of these rocks as a possible secondary reservoir.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::PETROLOGIA
Keywords: Sistema petrolífero
Formação Longá e turbiditos
Bacia do Parnaíba
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_AnaliseFaciesReconstituicao.pdf6,99 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.