Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1786
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Tanino como indicador de paleomanguezais do litoral do Pará e Amapá
metadata.dc.creator: FRIAES, Yuri Souza
metadata.dc.contributor.advisor1: COHEN, Marcelo Cancela Lisboa
Issue Date: 3-Jan-2011
Citation: FRIAES, Yuri Souza. Tanino como indicador de paleomanguezais do litoral do Pará e Amapá. Orientador: Marcelo Cancela Lisboa Cohen. 2011. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Oceanografia) - Faculdade de Oceanografia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2011. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1786. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Estudos palinologicos têm sido usados como uma confiável ferramenta para a reconstrução paleoambiental. Como método alternativo, este trabalho propõe o estudo das concentrações de tanino para identificação de sedimentos depositados em manguezais. Dentro deste contexto foram avaliadas as concentrações de tanino ao longo de dois testemunhos de sedimentos amostrados no estado do Amapá em Macapá, MAC e Resex 1 (R1) localizado na ilha do Marajó. Estes testemunhos foram estudados por meio da análise polínica e concentração de tanino. O testemunho R1 revelou aumentos nas concentrações de tanino nos sedimentos acumulados em períodos de elevação na quantidade de grãos de pólen de manguezais. Diferentemente do testemunho MAC que não indicou a presença de grãos de pólen de manguezais e nem de significativas quantidades de tanino
Abstract: Pollen studies have been used to the paleoenvironmental reconstruction. As an alternative method, the present work proposes the tannin concentration as indicator of palaeo-mangrove. In order to check this hypothesis, the tannin concentrations were determinate in two sediment cores from Macapá-Amapá and Marajó Island-Pará. These cores were studied by pollen analysis and tannin concentration. The core from Marajó Island presented a relationship between tannin concentration and mangrove pollen, while the Macapa core not indicated tannin and mangrove pollen presence.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::OCEANOGRAFIA
Keywords: Palinologia
Manguezal
Paleoambientes
Holoceno
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Oceanografia - FAOC/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_TaninoComoIndicador.pdf1,34 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons