Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1783
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Macrofauna bentônica associada aos recifes arenosos de sabellaria wilsoni (polychaeta, sabellariidae) na Ilha de Algodoal-Maiandeua (Pará, Brasil)
metadata.dc.creator: FARIAS, Raphael Simão de
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVA, Daiane Evangelista Aviz da
Issue Date: 9-Feb-2011
Citation: FARIAS, Raphael Simão da. Macrofauna bentônica associada aos recifes arenosos de sabellaria wilsoni (polychaeta, sabellariidae) na Ilha de Algodoal-Maiandeua (Pará, Brasil). Orientadora: Daiane Evangelista Aviz da Silva. 2011. 53 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Oceanografia) - Faculdade de Oceanografia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2011. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1783. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O trabalho teve por objetivo caracterizar as associações macrobentônicas associadas a recifes arenosos de Sabellaria wilsoni na Ilha de Algodoal-Maiandeua, nordeste do Estado do Pará, com diferentes morfologias (cogumelo e plataforma) e situação hidrodinâmica, no final do período chuvoso (junho) e final do período seco (dezembro) de 2008. Em cada recife foram retiradas 16 amostras, totalizando 32 amostras por mês, sendo o material acondicionado em sacos plásticos etiquetados e fixado em formalina salina a 4%. Foram realizadas análises univariadas (densidade, riqueza, diversidade, equitabilidade, ANOVA e Tuckey) e multivariadas (ANOSIM, MDS e SIMPER). Entre os meses e os recifes houve uma evidente distinção quanto às associações faunísticas, a qual foi composta por 93 táxons pertencentes a onze filos distintos, com dominância de Annelida (40 táxons), Mollusca (24 táxons) e Arthropoda (17 táxons). A estrutura da macrofauna associada foi influenciada pela estrutura e morfologia dos recifes, que por sua vez, foram alteradas pelas variações sazonais da hidrodinâmica local. De uma forma geral, o recife em plataforma, bem desenvolvido, em praia protegida apresentou uma fauna mais diversa e equitativa, mais estuarina e de substrato não consolidado, dominada por vermiformes principalmente durante seu estado bem conservado (junho/2008). O recife em cogumelos apresentou uma fauna mais densa e rica, tipicamente marinha e de áreas de maior energia, com domínio de Crustacea e Mollusca. Os fatores ambientais considerados: salinidade, precipitação pluviométrica e principalmente a hidrodinâmica, pareceram influenciar diretamente as modificações da morfologia dos recifes, densidade de seus construtores e a composição, abundância e diversidade da macrofauna.
Abstract: This study aimed to characterize the macrobenthic associations with sandy reefs of Sabellaria wilsoni at Algodoal-Maiandeua island, in northeastern Pará State, among different morphologies (mushroom and platform), hydrodynamic conditions and climate periods relate to the end of rainy season (June) and end of dry season (December) 2008. At each reef were taken 16 samples, totaling 32 samples per month. The material was packed in plastic bags labeled and fixed in formalin 4%. The univariate (ANOVAs's and tukey tests over density, richness, diversity, evenness) and multivariate (ANOSIM, MDS and SIMPER over density matrix) analysis were performed to describe the structure of macrobenthic fauna associated with sandy reefs. This structure was distinct among months, which was composed by 93 taxa among 11 different phyla, with dominance of Annelida (40 taxa), Mollusca (24 taxa) and arthropods (17 taxa). The structure of the macrofauna was influenced by the structure and morphology of the reefs, which in turn were modified by seasonal variations of local hydrodynamics. Overall, reef platform, well developed in sheltered beach, shown a more diverse and equitable fauna in a estuarine and unconsolidated substrate which was dominated by wormlike species, especially during his well maintained state (June of 2008). The mushrooms reef fauna were more dense and rich, typical of marine areas of higher energy. The dominant taxa were Crustacea and Mollusca. The environmental factors, salinity, rainfall and especially the local hydrodynamic, seen to directly influenced changes at the morphology of the reefs, in the density and composition of its builders and in abundance and diversity of macrofauna.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::OCEANOGRAFIA::OCEANOGRAFIA BIOLOGICA::INTERACAO ENTRE OS ORGANISMOS MARINHOS E OS PARAMETROS AMBIENTAIS
Keywords: Recifes de Sabellariidae
Bentos
Fatores ambientais
Ilha de Maiandeua (PA)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Oceanografia - FAOC/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_MacrofaunaBentonicaAssociada.pdf1,4 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons