Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1763
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Impactos ambientais decorrentes de atividades minerárias: o caso do arsênio em Vila de Elesbão, Amapá-AP
metadata.dc.creator: BATISTA, Edson José Louzada
metadata.dc.contributor.advisor1: LUCZYNSKI, Estanislau
Issue Date: 2015
Citation: BATISTA, Edson José Louzada. Impactos ambientais decorrentes de atividades minerárias: o caso do arsênio em Vila de Elesbão, Amapá-AP. Orientador: Estanislau Luczynski. 2015. 106 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) - Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2015. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1763. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A atividade mineradora é conhecida dos mais remotos tempos da civilização humana contribuindo para o desenvolvimento e modernização. No cenário atual ela continua sendo de vital importância para aquelas regiões que se utilizam da explotação dos mais variados bens minerais oriundos dessa atividade. Entretanto, assim como no passado e mais intensificado no atual contexto, ela vem gerando grandes impactos na esfera socioambiental. Nos últimos anos, diversos problemas relacionados à saúde da população no entorno dos grandes empreendimentos minerais figuraram no cenário mundial. Em nível regional, pode ser ressaltado à contaminação por Arsênio na localidade de Vila de Elesbão, no estado Amapá, situada às margens do canal norte da foz do rio Amazonas próximo ao porto de Santana. Nesse local, a mineradora ICOMI (Indústria e Comércio de Minérios S.A), durante os anos 1953 a 1998, atuou na exploração e beneficiamento do minério de manganês possivelmente contribuindo para a contaminação na localidade de Elesbão. Ocasionado pelo vazamento de substâncias toxicas, dentre elas o arsênio (As), em virtude da ruptura da barragem de contenção de rejeito do minério de manganês de baixo teor. Trata-se do material armazenado após o processo de peletização em condições ambientes. O rejeito do minério sofreu processos químicos (reações oxidantes) e posterior lixiviação do As, um metal pesado e toxico contaminando solos e aguas das regiões anexas ao empreendimento. (Scarpelli 2003). Existem diversos registros de problemas de saúde relatados pela população local, que podem estar relacionado ao passivo ambiental deixado pela ICOMI, durante os anos de atuação na a região. Diversos estudos realizados ao longo dos anos constataram concentrações elevadas de arsênio no meio ambiente, entretanto poucos faziam alusões ao arsênio como agente causador das graves patologias registradas. O Arsênio é toxico em concentrações acima de 1 μg\L no organismo humano indicam uma intoxicação crônica, enquanto valores de 1 a 2 μg\L caracterizam a intoxicação aguda. O caso que ocorreu na localidade de Vila de Elesbão pode ser visto como exemplo de impactos gerados por resíduos de empreendimentos minerários.
Abstract: Mining activity is known to the earliest times of human civilization contributing to the development and modernization. In the present scenario it remains vitally important for those regions that use the exploitation of various minerals resulting from this activity. However, as in the past and more intensified in the current context, it has generated impacts on social and environmental sphere. In recent years, many problems related to the health of the population in the vicinity of large mineral projects figured on the world stage. At the regional level, can be emphasized to contamination by arsenic in Elesbão village locality, in Amapá state, situated on the banks of the canal north of the mouth of the Amazon River near the port of Santana. There, the ICOMI mining (Industry and Trade of ores SA) during the years 1953 to 1998, he served in the exploitation and processing of manganese ore possibly contributing to the contamination in the town of Elesbão. Caused by leakage of toxic substances including arsenic (As), due to the rupture of the tailings containment dam of low grade manganese ore. It stockpiles after the pelleting process at ambient conditions. The waste ore suffered chemical processes (oxidation reactions) and subsequent leaching of As, a heavy metal and toxic contaminating soils and waters of the regions attached to the enterprise. (Scarpelli 2003). There are several records of health problems reported by the local population, which may be related to environmental liabilities left by ICOMI during the years of work in the region. Several studies over the years have found high concentrations of arsenic in the environment, however, few references made to arsenic as a causative agent of serious pathologies recorded. The Arsenic is toxic in above 1 μg/L concentrations in humans indicate a chronic intoxication, while values from 1 to 2 μg/L characterize acute intoxication. The case occurred in Elesbão village locality can be seen as an example of impacts generated by waste mining ventures.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::MINERALOGIA
Keywords: Mineração - Aspectos ambientais - Amapá (AP)
Arsênio - Aspectos ambientais - Amapá (AP)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_ImpactosAspectosDiageneticos.pdf6,13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.