Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1762
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Petrografia e geoquímica do granito Porto Grande, SE do Escudo das Guianas-AP
metadata.dc.creator: COELHO, Dayane do Nascimento
metadata.dc.contributor.advisor1: COSTA, Lúcia Travassos da Rosa
metadata.dc.contributor.advisor-co1: LAFON, Jean Michel
Issue Date: 2015
Citation: COELHO, Dayane do Nascimento. Petrografia e geoquímica do granito Porto Grande, SE do Escudo das Guianas-AP. Orientadora: Lúcia Travassos da Rosa-Costa . 2015. 62 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) - Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2016. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1762 . Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A porção sudeste do Escudo das Guianas, na borda oriental do Cráton Amazônico, foi objeto de estudo do Serviço Geológico do Brasil – CPRM, através do Projeto Geologia da Folha Macapá (BARBOSA ET AL. 2013). Durante o mapeamento geológico da Folha Macapá pelo do Serviço Geológico do Brasil – CPRM, uma importante contribuição foi a definição de um pluton granítico, designado de Granito Porto Grande, o qual foi datado pelo método de evaporação de Pb em zircão em 1,84 Ga, por Barbosa et al. (2013). A área selecionada para este trabalho, que engloba o Granito Porto Grande, está localizada na porção nordeste da Folha Macapá, nas proximidades da cidade de Porto Grande. Os dados geoquímicos, gamaespectométricos e petrográficos produzidos neste estudo, adicionados a informações da literatura, permitem algumas considerações que contribuem para a compreensão do magmatismo do Granito Porto Grande. Os dados químicos demonstraram que as rochas do Granito Porto Grande são subalcalinas, de natureza peraluminosas, e têm características que se assemelham aos granitos Tipo-S, derivados de protólitos sedimentares ou metassedimentares. A interpretação de imagens gamaespectométricas revelou a alta radiação no canal do Th e U e moderada no canal do K, o que é compatível com a natureza das rochas (granitos). Os dados petrográficos permitiram o reconhecimento de duas litofácies no Granito Porto Grande, os Biotita sienogranitos, de maior expressão no corpo, e os Biotita monzogranitos, ambos com expressiva deformação dúctil sugerindo que este corpo tem caráter sin-tectônico. Diante disso, é possível sugerir que após 1,99 Ga, o limite inferior aceito para a atuação do Ciclo Transamazônico, o Bloco Amapá foi afetado por um evento tectono-termal, evidenciado pela colocação do Granito Porto Grande, considerando-se que idades em torno de 1,84 Ga ainda não são conhecidas província.
Abstract: The southeastern portion of the Guayana Shield, on the eastern edge of the Amazonian Craton, was the object study of Serviço Geológico do Brasil - CPRM of Project Geologia da Folha Macapá, (BARBOSA ET AL 2013). During the geological mapping of Folha Macapá by Serviço Geológico do Brasil – CPRM, an important contribution was the definition of a granitic pluton, called the Granite Porto Grande, which was dated by Pb evaporation method in zircon at 1.84 Ga by Barbosa et al. (2013). The area selected for this work, which includes the Granite Porto Grande, is located in the northeast portion of the Folha Macapá, near the city of Porto Grande. The geochemical data, and petrographic gamaespectométricos produced in this study added data from the literature, allow some considerations that contribute to the understanding of magmatism Granite Porto Grande. The chemical data have shown that the rocks of the Granite Porto Grande are subalkaline of peraluminous nature, and have features that resemble granite Type-S, derived from sedimentary protolith or metasedimentary. The interpretation of gamaespectométricas images revealed high radiation in the Th and U channel and moderate in the K-bus, which is compatible with the nature of the rocks (granites). The petrographic data allowed the recognition of two lithofacies in Granite Porto Grande, the syenogranites biotite, with the highest expression in the body, and biotite monzogranites, both with significant ductile deformation suggesting that this body has syn-tectonic character, before that, it is possible to suggest that after 1.99 Ga, which is the lower limit accepted for the performance of the Trans Cycle, Amapá Block was affected by a tectonic-thermal event, evidenced by the placement of Granite Porto Grande, considering that ages around 1, 84 Ga are not known in the province
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::GEOQUIMICA
CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::PETROLOGIA
Keywords: Petrologia - Amapá
Geoquímica - Amapá
Geofísica – Amapá
Crátons – Amapá
Granito - Amapá
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_PetrografiaGeoquimicaGranitoPorto.docx26,51 MBMicrosoft Word XMLView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.