Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1752
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Estimativa de modelo de velocidade em profundidade a partir de velocidades de migração em tempo
metadata.dc.creator: VALENTE, Leandro da Silva Sadala
metadata.dc.contributor.advisor1: COSTA, Jessé Carvalho
Issue Date: 2008
Citation: VALENTE, Leandro da Silva Sadala. Estimativa de modelo de velocidade em profundidade a partir de velocidades de migração em tempo. Orientador: Jessé Carvalho Costa. 2008. 55 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geofísica) – Faculdade de Geofísica, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2008. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1752. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Um dos maiores desa os do imageamento s smico em regi~oes geol ogicas complexas e a constu c~ao do modelo de velocidade em profundidade. Se a varia c~ao lateral na velocidade de propaga c~ao e moderada, um modelo de velocidade em profundidade pode ser constru do a partir das velocidades de migra c~ao em tempo. A rela c~ao te orica entre essas velocidades e revista atrav es da teoria paraxial do raio. A estimativa das velocidades em profundidade a partir das velocidades de migra c~ao em tempo e inst avel. Vers~oes regularizadas da convers~ao tempo-profundidade baseadas nos m etodos de Dijkstra-like fast marching foram implementadas. Duas outras varia c~oes e cientes do algoritmo original proposto recentimente na literatura s~ao avaliados. A rela c~ao entre o grau do polin^omio e o valor da regulariza c~ao para o problema dos m nimos quadrados associado com a interpola c~ao da frente de onda e determinada. Finalmente, estes algoritmos s~ao testados em dados sint eticos 2D e os resultados obtidos com os algoritmos de tra camento de raios s~ao comparados.
Abstract: One of the major challenges to seismic imaging in complex geological regions is velocity model building in depth. If lateral variation in the propagation velocity is moderate, a depth velocity model can be build starting from time migration velocities. I review the theoretical relation between these velocities using the paraxial ray theory. The estimation of depth velocities from time migration velocities is unstable. I implement regularized versions of the time to depth conversion based on Dijkstra-like fast marching methods. Two more e cient variations from the original algorithm proposed recently in the literature are evaluated. The relation between the polynomial degree and the regularization value for the least-squares problem associated with the wavefront interpolation are determined. Finally, I test these algorithms on 2D synthetic data and compare the results obtained by three ray tracing algorithms.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOFISICA
Keywords: Prospecção sismica
Velocidades de migração em tempo
Conversão tempo-profundidade
Modelo de profundidade em velocidade
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Geofísica - FAGEOF/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EstimativaModeloVelocidade.pdf9,78 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons