Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1742
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Análise do uso e ocupação do solo e sua influência na sub-bacia do Ji-Paraná
metadata.dc.creator: SILVA, Suzianny Cristia Salazar da
metadata.dc.contributor.advisor1: LIMA, Aline Maria Meiguins de
Issue Date: 2016
Citation: SILVA, Suzianny Cristia Salazar da. Análise do uso e ocupação do solo e sua influência na sub-bacia do Ji-Paraná. Orientadora: Aline Maria Meiguins de Lima. 2016. 49 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Meteorologia) - Faculdade de Meteorologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2016. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1742. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Este estudo objetivou analisar a influência do uso e ocupação do solo na sub-bacia do Ji-Paraná e a distribuição climatológica e mensal de precipitação. Para isto, foram utilizados dados das estações pluviométricas da Agência Nacional de Águas-ANA, totalizando 14 estações. Também foram utilizados dados do projeto Terraclass que está inserido ao Programa de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal-PRODES, para os anos de 2008, 2010 e 2012, e imagens do satélite LANDSAT 5 e LANDSAT 7. Para a análise de precipitação, utilizou-se o método de interpolação Inverso do quadrado da distância-IDW, no software Arcgis 10.2.1. Os dados do Terraclass foram analisados através da técnica de métrica da paisagem na ferramenta de extensão Vector-based Landscape Analysis Tools Extension-V-LATE 2.0 beta, e por último foi calculado o Índice de Vegetação por Diferença Normalizada-NDVI. A distribuição de precipitação apresentou próximo a região da foz do rio Ji-Paraná os maiores valores médios de precipitação, ao contrário da região próximo a sua nascente, que obteve os menores valores de precipitação. As estações pluviométricas que apresentaram maior variabilidade de precipitação na sub-bacia foram nas estações Tabajara e Vista Alegre, onde a estação Tabajara está próxima a região de maior influência dos maiores valores de precipitação. Já as estações Seringal 70 e Rolim de Moura, apresentaram menores valores de distribuição de precipitação ao longo da sub-bacia. A variabilidade mensal de precipitação caracterizou o período mais chuvoso entre os meses de dezembro a abril, e menos chuvoso entre maio a agosto. Para a análise métrica da paisagem, a classe temática que se destacou foi a vegetação secundária, obtendo maior porcentagem de números de fragmentos para os anos de 2008, 2010 e 2012, sendo que a relação média entre as áreas de todos os fragmentos representada em km², obteve uma extensão menor em relação as outras classes temáticas. O NDVI apresentou valores próximo de -1, para as áreas que desenvolvem a atividade relacionada a pastagem, e valores de -1 paras áreas urbanas que se destacaram de forma isolada ao longo da sub-bacia. Já as regiões que apresentaram valores de 1 ou próximo de 1, foram áreas classificadas como floresta.
Abstract: This study aimed to analyze the influence of land use and occupation at the Ji-Paraná’s sub-basin along with the climatology and monthly distribution of precipitation. We used data from the pluviometric stations of the National Water Agency - ANA, with the total of 14 stations. Furthermore, we used data from TerraClass project which is inserted in the Deforestation Monitoring Program in the Amazon Legal - PRODES, for the years 2008, 2010, and 2012; and images from the satellite Landsat 5 and 7. For precipitation analysis, we used the Inverse Distance Weighting - IDW on Arcgis 10.2.1 software. The TerraClass data were analyzed through the landscape metric technique in the extension tool of the Vector-based Landscape Analysis Tools Extension-V-LATE 2.0 beta, and we calculated Normalized Difference Vegetation Index -NDVI. The distribution of precipitation near the region of the river mouth of the Ji-Paraná presented the highest average values of precipitation, unlike the region close to its source, which obtained the lowest precipitation values. The rain gauge stations that have greater variability of precipitation in the sub-basin were the stations Tabajara and Vista Alegre, where the Tabajara station is closer to the region of greatest influence of higher precipitation values. On the other hand, the Seringal 70 and Rolim de Moura stations had lower precipitation values along the sub-basin. The monthly precipitation variability characterized the wet period between the months of December to April and dry period from May to August. For the metric analysis of the landscape, the theme class that stood out was the secondary vegetation, getting higher percentage of numbers of fragments for the years 2008, 2010, and 2012, whereas the average ratio of the areas of all represented fragments in km² obtained a smaller extension in relation to other thematic classes. The NDVI showed values close to -1 for the areas that develop activities related to grazing and values of -1 for urban areas that stood out in isolated regions along the sub-basin. Moreover, the regions with values of 1 or close to 1, were areas classified as forest.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::METEOROLOGIA
Keywords: Solo - uso – Rondônia (RO)
Precipitação (Meteorologia) – JiParaná (RO)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Meteorologia - FAMET/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_AnaliseUsoOcupacao.pdf2,26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.