Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1728
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Sazonalidade atmosférica e suas relações com as formigas (hymenoptera, formicidae) na Flona de Caxiuanã-PA
metadata.dc.creator: SANTOS, Sergio Rodrigo Quadros dos
metadata.dc.contributor.advisor1: VITORINO, Maria Isabel
Issue Date: 15-Dec-2010
Citation: SANTOS, Sergio Rodrigo Quadros dos. Sazonalidade atmosférica e suas relações com as formigas (hymenoptera, formicidae) na Flona de Caxiuanã-PA. Orientadora: Maria Isabel Vitorino. 2010. 35 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Meteorologia) – Faculdade de Meteorologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2010. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1728. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A variabilidade temporal da fauna de formigas coletadas em Caxiuanã-PA, durante o protocolo de formigas de serrapilheira do Projeto TEAM/Caxiuanã foram estudadas a partir das condições meteorológicas locais observadas nos meses de janeiro e abril (estação chuvosa), e julho e outubro (estação menos chuvosa) para o período de 2006 e 2007. Para isso, foram utilizados dados meteorológicos da torre micrometeorológica de Caxiuanã. Durante a estação chuvosa, notou-se o predomínio de elevados valores de precipitação, umidade do solo e baixas temperaturas do ar. Na estação menos chuvosa, observou-se comportamento oposto do período chuvoso para as variáveis meteorológicas. Em geral, observou-se que a freqüência de formigas é maior quando há redução da precipitação, da umidade do solo, e do aumento da temperatura do ar. Percebeu-se ainda, que as correlações estatísticas (polinomial de segunda ordem) entre as variáveis atmosféricas e a freqüência de formigas mostram claramente que estas ocorrem de modo inverso para a precipitação e a umidade do solo, e direto para a temperatura do ar. Estes resultados sugerem que a maioria das formicidae se desenvolvem em ambientes quentes e úmidos.
Abstract: The temporal variability of ant fauna collected in Caxiuanã-PA during the protocol-litter ants Project TEAM / Caxiuanã were studied from the local meteorological conditions observed during the months of January and April (rainy season) and July and October (less rainy season) for the period 2006 to 2007. For this, we used meteorological data from micrometeorological tower Caxiuanã. During the rainy season, it was noted the predominance of high values of precipitation, soil moisture and low air temperatures. At least rainy season, we observed the opposite behavior of the rainy season for the meteorological variables. In general, we found that the frequency of ants is greater when there is decrease in rainfall, soil moisture, and increased air temperature. There was also that the statistical correlation (second order polynomial) between the atmospheric variables and the frequency of ants clearly show that they occur in reverse order for the precipitation and soil moisture, and direct to the air temperature. These results suggest that most formicidae thrive in hot and humid environments
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::METEOROLOGIA
Keywords: Formigas
Clima
Amazônia
Floresta
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1- CD ROOM
Appears in Collections:Faculdade de Meteorologia - FAMET/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_SazonalidadeAtmosfericaRelacoes.pdf796,75 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons