Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1718
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Geocronologia do granito meruoca e diques associados, província borborema , noroeste do estado do Ceará
metadata.dc.creator: TEIXEIRA, Mayara Fraeda Barbosa
metadata.dc.contributor.advisor1: MOURA, Candido Augusto Veloso
Issue Date: 2010
Citation: TEIXEIRA, Mayara Fraeda Barbosa. Geocronologia do granito meruoca e diques associados, província borborema , noroeste do estado do Ceará . Orientador: Cândido Augusto Veloso Moura. 2010. 68 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) – Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Para, Belém, 2010. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1718. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Nas proximidades da Cidade de Sobral, no noroeste do Estado do Ceará, ocorre um batólito granítico, limitado pela zona de falhas Café-Ipueiras, conhecido na literatura com Granito Meruoca. A oeste deste corpo corre um feixe de diques subparalelos, orientados na direção E-W que, por vezes, chegam a interliga-se com o Granito. Tratase do Feixe de Diques de Coreaú. Este magmatismo está inserido, no Domínio Médio Coreaú que engloba um embasamento paleoproterozóico composto predominantemente de gnaisses migmatíticos e rochas metassedimentares, e rochas metassedimentares e vulcânicas do Neoproterozoíco. Este conjunto de rochas é intrudido por granitos sin- e pós-tectônicos em relação ao evento Brasiliano. Este trabalho apresenta dados geocronológicos obtidos pelo método de evaporação de Pb em zircão, em rochas do Granito Meruoca e dos Diques de Coreaú, com o objetivo de investigar a contemporaneidade entre este plúton granítico e os diques. Devido ao baixo teor de Pb nos cristais de zircão ou alguma particularidade que dificultava a ionização de Pb, as idades 207Pb/206Pb foram obtidas em um grupo de três ou quatro cristais depositados no filamento. Este procedimento, e a presença de cristais de zircão herdados em amostras do Granito Meruoca e dos Diques de Coreaú dificultaram a obtenção de idades de cristalização dessas rochas. No entanto, foi possível obter a idade de 518 ± 34 Ma em um dos conjuntos de cristais de zircão Granito Meruoca, que foi interpretada como a idade de cristalização desse plúton. Ela é similar a idade recentemente publicada de 523 ± 9 Ma utilizando o método U-Pb em zircão com SHRIMP. Para os Diques de Coreaú foi possível obter a idade de 523 ± 20 Ma, que é similar a idade de cristalização aqui sugerida para o Granito Meruoca. Este resultado vem ratificar estudos geológicos desenvolvidos anteriormente que sugerem a contemporaneidade entre o magmatismo do Granito Meruoca e o Feixe de Diques de Coreaú.
Abstract: The Meruoca Granite is a batholite which occurs near the town of Sobral (NW-Ceará) and is limited by the Café-Ipueiras fault zone. To the west of this pluton a sub-parallel E-W dyke swarm occurs, which is known as the Coreaú Dyke Swarm. Both granite and dykes are intrusive in the rocks of the Médio Coreaú domain, which encompasses a Paleoproterozoic basement consisting mainly of migmatitic gneisses and metasedimentary rocks, in addition to Neoproterozoic metasedimentary and volcanic rocks. This work presents geochronological data obtained by zircon Pb-evaporation method for the Meruoca Granite and the Coreaú Dykes, in order to investigate the contemporaneity between this granite pluton and the dyke swarm. Due to the low Pb content of the zircon crystals, or any other singular aspects that prevent a good Pb ionization, the 207Pb/206Pb ages were obtained in groups of three to four crystals deposited in filament, instead of in a single crystal. This procedure, along with the presence of inherited zircon crystals in samples of both Meruoca Granite and the Coreaú Dykes, made it difficult to obtain the crystallization ages for these rocks. However, one of Meruoca Granite crystal sets yielded the age of 518 ± 34 Ma, which was interpreted as the crystallization age of the pluton. This age is similar to a recent published SHRIMP zircon U-Pb age of 523 ± 9 Ma. The Coreaú Dykes yielded the age of 523 ± 20 Ma, similar to the age of crystallization suggested in the present work for the Meruoca Granite. These results support previous studies which suggested that Meruoca Granite and Coreaú Dykes magmatism was coeval.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Keywords: Geocronologia
Evaporação de Pb
Granitogênese
Domínio médio coreaú
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1- CD ROOM
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_GeocronologiaGranitoMeruoca.pdf7,07 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons