Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1714
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Geologia isotópica ( Sr, C e O) de carbonatos da formação Itaituba , borda sul da bacia do Amazonas
metadata.dc.creator: NETO, João Mareinho Milhomem
metadata.dc.contributor.advisor1: MACAMBIRA, Moacir José Buenano
Issue Date: Jan-2010
Citation: NETO, João Marinho Milhomem. Geologia isotópica ( Sr, C e O) de carbonatos da formação Itaituba , borda sul da bacia do Amazonas . Orientador: Moacir José Buenano Macambira. 2010. 95 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) – Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2010. Disponível em:http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1714 . Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Atualmente, o grande interesse em carbonatos é justificado pelo fato de que cerca de 50% do petróleo no mundo estão associados a esse tipo de rocha. Na bacia do Amazonas, a exploração de hidrocarbonetos tem sido feita através de várias campanhas, desde 1930. As sequências exploradas têm sido principalmente os arenitos eólicos da Formação Monte Alegre e, subordinadamente, os carbonatos da Formação Itaituba, do Pensilvaniano Inferior. Ambas fazem parte do Grupo Tapajós que representa o último ciclo transgressivo-regressivo do Paleozóico na bacia do Amazonas. De idade neocarbonífera-permiana, esse ciclo caracteriza-se por estar associado a mudanças climáticas significativas de frio para quente-árido. A Formação Itaituba apresenta-se como uma unidade cíclica, heterogênea, abundantemente fossilífera e composta por calcários com alto conteúdo de bioclastos marinhos, dolomitos, folhelhos, siltitos, arenitos e evaporitos. Este estudo foi realizado na pedreira da empresa CALMINAS, localizada na margem direita do rio Tapajós a aproximadamente 3 km a leste da cidade de Itaituba-PA, na borda sul da bacia do Amazonas. Importantes estudos isotópicos têm sido realizados na Formação Itaituba, contudo um refinamento da idade de sua deposição, assim como, a estimativa das condições paleoambientais com base na utilização de isótopos de Sr, C e O fez-se necessário. Para isso, as amostras coletadas foram previamente submetidas a análises petrográficas, por difração de raios-X e catodoluminescência (CL), a fim de selecionar as melhores para as análises isotópicas. Assim, as amostras PC-0,9; PC-7,0 e PC-14,8, classificadas como packstones, e que se mostraram bem preservadas e com elevados teores de calcita, confirmados pelos padrões de luminescência verificados nas imagens em CL, foram selecionadas para as análises de isótopos de Sr. Os estudos de isótopos estáveis foram realizados em todas as amostras coletadas. Os carbonatos estudados apresentaram valores de δ13C positivos variando entre 2,21 e 6,22‰, de δ18O negativos, variando entre -7,66 a -0,31‰ e 87Sr/86Sr com razões entre 0,708754 e 0,710115. Algumas tendências negativas e positivas nos valores de δ13C podem indicar prováveis variações no nível do mar, já as pequenas oscilações nos valores de δ18O podem refletir curtas variações na paleotemperatura e na paleossalinidade. As altas razões 87Sr/86Sr sugerem anomalias radiogênicas de Sr.
Abstract: Nowadays, the great interest in carbonates is justified by the fact that about 50% of world oil production is associated with this type of rock. In the Amazon basin, hydrocarbon exploration has been done through several surveys since 1930. The study sequences have been mainly the aeolian sandstones of the Monte Alegre Formation and subordinately the Itaituba Formation carbonates, of the Lower Pennsylvanian. Both are included into the Tapajos Group which represents the last transgressive-regressive Paleozoic cycle of the Amazon basin. Of neocarboníferapermian age, this cycle is characterized by association with significant climatic change from cold to hot-arid. The Itaituba Formation represents itself a cyclic unit, heterogeneous, abundantly fossiliferous and composed of limestones with high content of marine bioclasts, dolomites, shales, siltstones, sandstones and evaporites. This study was carried on the samples from the CALMINAS company quarry, located on the right margin of the Tapajos river about 3 km to east of Itaituba-PA city, at the southern edge of the Amazon basin. Important isotopic studies have been conducted in the Itaituba Formation, but a refinement of the deposition age, as well as the estimation of paleoenvironmental conditions based on the use of isotopes of Sr, C e O was necessary. For this, the samples were submitted to petrographic, X-ray diffraction and cathodoluminescence (CL) analysis in order to select the best samples for application of isotopic analyses. Therefore samples PC-0.9, PC-7.0 and PC-14.8, classified as packstones, and that proved to be well preserved, with high content of calcite, reaffirmed by luminescence patterns observed in CL images were selected for Sr isotopic analyses. Stable isotopes (C and O) analyses were performed on all samples collected. The carbonates presented positive values of δ13C ranging from 2.21 to 6.22‰, negative values of δ18O ranging from -7.66 to - 0.31‰ and 87Sr/86Sr ratios between 0.708754 and 0.710115. Some negative and positive trends in the values of δ13C may indicate probable changes in sea level, and small fluctuations in the δ18O values may reflect short variations in paleotemperature and paleossalinity. The high reasons 87Sr/86Sr ratios suggest radiogenic anomalies of Sr.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Keywords: Geologia Isotópica
Bacia do Amazonas
Formação Itaituba
Catodoluminescência
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_GeologiaIsotopicaCarbonatos.pdf6,47 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons