Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1713
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Estudo de zircões do granito madeira , província estanífera do pitinga (AM), através de microscopia eletrônica de varredura , catodoluminescência e difração de raios - x.
metadata.dc.creator: SOLEDADE, Gilvana Lima
metadata.dc.contributor.advisor1: LAMARÃO, Claudio Nery
Issue Date: Jan-2010
Citation: SOLEDADE, Gilvana Lima . Estudo de zircões do granito madeira , província estanífera do pitinga (AM), através de microscopia eletrônica de varredura , catodoluminescência e difração de raios - x. Orientador: Claudio Nery Lamarão. 2010. 81 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) – Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2010. Disponível em:http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1713. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O zircão é um mineral acessório freqüente em rochas ígneas intermediárias a félsicas e um dos mais resistentes a processos metamórficos, hidrotermais e ao intemperismo. Sua elevada estabilidade química, associada à presença de elementos-traço característicos em sua estrutura interna, como Hf, Y, Nb, Th e U, podem ser úteis na identificação da natureza de seu magma original e na caracterização de processos de fracionamento magmático. Cristais de zircão de rochas graníticas mineralizadas em estanho apresentam no sentido das fácies mais evoluídas, baixas razões Zr/Hf além de enriquecimento em Y, Th e U que, comparados aos cristais de zircão de rochas graníticas não mineralizadas, sugerem uma participação efetiva de processos de diferenciação magmática ou de alteração hidrotermal de suas rochas hospedeiras por fluidos ricos em flúor em sua gênese. A assinatura geoquímica encontrada em cristais de zircão de granitos estaníferos pertencentes a diferentes províncias do Cráton Amazônico sugere que sua composição pode ser utilizada como guia prospectivo desse tipo de mineralização. O trabalho desenvolvido identificou e caracterizou cristais de zircão e suas fases acessórias (inclusões minerais) presentes nas diferentes fácies do Granito Madeira, Província Pitinga, por meio de imagens de elétrons retroespalhados e catodoluminescência e por análises químicas semiquantitativas obtidas por EDS (Energy Dispersive Spectrometry) e difração de Raios-X. As características morfológicas, a quantidade e o tipo de inclusões minerais e a composição química obtida nos cristais de zircão pertencentes às rochas encaixantes não mineralizadas diferem significativamente das observadas nos cristais de zircão do albita-granito mineralizado em estanho, indicando que a metodologia utilizada, apesar de semiquantitativa, pode ser uma ferramenta útil na avaliação preliminar do potencial estanífero de rochas granitóides.
Abstract: ABSTRACT Zircon is a very common accessory mineral in intermediate to felsic igneous rocks and one of the most resistant mineral to metamorphic, hydrothermal and weathering processes. It´s high chemical stability, associated with the presence of characteristic trace elements in their internal structure, such as Hf, Y, Nb, Th, and U, may be useful in identifying the nature of its original magma and in the characterization of magmatic fractionation processes. Zircon crystals of tin-granites have low Zr/Hf ratios, and are enriched in Y, Th and U towards the more evolved facies. When compared to zircons of no tin-mineralized granitic rocks suggest an effective participation of magmatic differentiation or hydrothermal alteration of their host rocks by F-rich fluids in their genesis. The geochemical signature found in zircon crystals of tin-specialized granites from different provinces of the Amazonian Craton shows that zircon composition can be used as a prospective guide for such type of mineralization. This work identified and characterized zircon crystals and accessory phases (mineral inclusions) found in different facies of the Madeira Granite, Pitinga Province, using backscattered electron (BSE) and cathodoluminescence images, and semiquantitative chemical analysis using a scanning electron microscope (SEM) coupled with an EDS (Energy Dispersive Spectrometry), and X-ray diffractometry (XRD). The morphological characteristics, the amount and type of mineral inclusions, and the chemical composition of zircon crystals belonging to the wallrock rocks differ significantly from those characteristics found in zircon crystals from the mineralized facies of the albite granite, indicating that although semi-quantitative, the used methodology can be a useful tool for the preliminary assessment of the potential of tin-granites.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Keywords: Cassiterita
Zircão
Granito Madeira
Província Pitinga
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EstudoZircoesGranito.pdf9,76 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons