Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1678
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Petrografia, geoquímica e geocronologia dos Riolitos do noroeste do Ceará – Alvos: Penanduba, Mumbaba e Jordão
metadata.dc.creator: FEITOSA, Jeremias Vitório Pinto
metadata.dc.contributor.advisor1: MOURA, Candido Augusto Veloso
Issue Date: 2010
Citation: FEITOSA, Jeremias Vitório Pinto. Petrografia, geoquímica e geocronologia dos Riolitos do noroeste do Ceará – Alvos: Penanduba, Mumbaba e Jordão. Orientador: Cândido Augusto Veloso Moura. 2010. 63 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) - Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2010. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1678. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Os chamados Riolito Penanduba (FRE-02), Riolito Mumbaba (SOB-02) e Riolito Jordão (SOB-05), alvos deste estudo, localizam-se inseridos no contexto da Província Borborema (PB), estado do Ceará. Em geral, essas rochas apresentam características semelhantes, petrograficamente são rochas porfiríticas com teores que variam de 68 a 75% de SiO2, classificadas como riolitos porfiríticos, e no caso do alvo Penanduba um riolito pórfirítico milonitizado, em virtude de suas características. Os dados geoquímicos permitiram a classificação dessas rochas como riolitos, metaluminosos e pertencentes à série shoshonítica. Os elementos Terras Raras no diagrama mostram um padrão entrelaçado para as amostras, evidenciando um maior enriquecimento de ETR Leves em relação aos ETR Pesados com uma pequena anomalia de Eu. A geocronologia não possibilitou a definição da idade de cristalização dessas rochas, entretanto os dados mostraram que o material precursor de algumas dessas rochas podem ter uma gênese comum, em virtude de que as idades de 1,72 Ga., do alvo Penanduba e, 1,88 Ga. do alvo Mumbaba são próximas. Já para o alvo Jordão, os cristais de zircão acusaram idades entre 2,3 e 2,6 Ga., diante disso, é mais plausível pensar na possibilidade de que os cristais de zircão dessas rochas são “herdados”, uma vez que a cristalização desses corpos deve ter ocorrido no final do Neoproterozóico.
Abstract: The so-called rhyolite Penanduba (FRE-02), rhyolite Mumbaba (SOB-02) and rhyolite Jordão (SOB-05), targets of this study are located within the context of the Province Borborema (PB), state of Ceará. In general, these rocks have characteristics similar petrographically are porphyritic rocks with levels ranging from 68-75% SiO2, classified as porphyritic rhyolites, and in case of a rhyolite porphyry target Penanduba milonitizado because of its characteristics. The geochemical data allowed the classification of these rocks as rhyolites, metaluminous and belong to the shoshonitic series. Rare Earth Elements in the diagram shows an interlace pattern for the samples, showing a greater enrichment of LREE compared to HREE with a small anomaly Eu. The geochronology not possible to define the crystallization age of these rocks, however the data showed the precursor of some of these rocks may have a common genesis, due to the ages of 1.72 Ga., target Penanduba and 1.88 Ga. Target Mumbaba are nearby. As for the target Jordão, accused the zircons ages between 2.3 and 2.6 Ga. Before it is more plausible to consider the possibility that the zircons in this rock are "legacy", since the crystallization of that body must have occurred towards the end of the Neoproterozoic.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::PETROLOGIA
Keywords: Petrografia
Geoquímica
Geocronologia
Riolitos porfiríticos
Província Borborema - CE
Nordeste do Ceará
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_PetrografiaGeoquimicaGeocronologia.pdf4,27 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons