Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1611
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Eventos adversos relacionados à assistência à saúde: estudo com enfermeiros em um hospital universitário
metadata.dc.creator: ALMEIDA, Amanda Cantanhede Bezerra de Campos
SANTOS, Bruna Roberta Paixão dos
metadata.dc.contributor.advisor1: BITAR, Maria Amélia Fadul
metadata.dc.contributor.advisor-co1: COSTA, Maria Heliana Alencar da
Issue Date: 2015
Citation: ALMEIDA, Amanda Cantanhede Bezerra de Campos; SANTOS, Bruna Roberta Paixão dos. Eventos adversos relacionados à assistência à saúde: estudo com enfermeiros em um hospital universitário. Orientadora: Maria Amélia Fadul Bitar. 2015. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Faculdade de Enfermagem, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2015. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1611 . Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Os eventos adversos (EAs) podem ser definidos como um resultado indesejado, negativo e não intencional decorrente da assistência à saúde, não relacionadas à evolução natural da doença de base, que ocasionam lesões mensuráveis aos pacientes afetados e/ou prolongamento do tempo de internação e/ou o óbito do paciente. Com o instrumento de notificação, pode-se oferecer atenção para o erro ocorrido no serviço de saúde, produzindo informações detalhadas sobre os EAs, de modo a orientar a definição de prioridades e o desenvolvimento de políticas e de intervenções nos serviços voltadas para a melhoria da qualidade na assistência, tornando o cuidado mais seguro. O estudo tem por objetivo realizar um estudo sobre eventos adversos associados à assistência à saúde em um Hospital Universitário. Trata se de um estudo descritivo, transversal e de cunho quantitativo. A pesquisa foi desenvolvida no Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB), localizado na cidade de Belém PA, por meio da aplicação adaptada do questionário da Agency for Health Research and Quality (AHRQ), intitulado Hospital Survey on Pantient Safety Culture. Participaram 31 enfermeiros entre 29 e 63 anos. Para a melhor apresentação dos resultados, foi utilizada uma escala de 1 a 5, segundo a qual os escores totais das respostas variam entre “discordo totalmente” (1) e “concordo totalmente” (5) ou “nunca” (1) e “sempre” (5). A soma dos escores variou entre 86 e 126. A média dos itens variou entre 2,774 e 4,064. A maioria dos enfermeiros participantes desta pesquisa (64,51%) não preencheu nenhum relatório de notificação de eventos adversos relacionados à assistência à saúde nos últimos 12 meses. O conhecimento adquirido com esta pesquisa reforça a necessidade de se desenvolver programas educacionais que elucidem o que são os eventos adversos, discutindo cenários para entender as causas do problema e propostas de melhoria, assim como a importância do ato de notificar tanto para o hospital como para os pacientes.
Abstract: The adverse events (EAs) can be described as a undesired result during the healthcare, negative and not intentional, not related to the natural evolution of the underlying disease, which cause measurable injuries to the afected patient. With the notification instrument, it is possible to offer attention to the error occurred during the healthcare service, provide detailed information about the EAs and lead the definition of priorities and the development of policies and interventions in the services associetaded with the quality improvement of the healthcare service, to increase its safeness. The study has the objective of research about adverse events (EAs) associated to the healthcare service in a University Hospital. It is a descriptive, transversal and qualitative study. The research was developed in the Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB), situated in Belém-PA city, by application of an adaptaded survey of the Agency for Health Reserach an Quality (AHRQ), titled by Hospital Survey on Pantient Safety Culture. Thirty-One nurses, between 29 and 63 years-old, have participated in the survey. For the best presentation of the results, there has been used a scale of 1 to 5, which the total score of the answers may vary between “totally desagree” (1) and “totally agree” (5) or “never” (1) and “always” (5). The sum of the scores has varied between 86 and 126. The average of the items has varied between 2,744 and 4,064. The majority of the nurses who have participated in this research (64,51%) do not filled any notification of adverse events report relationed to the healthcare service in the last twelve months. The knowledge acquired with this research, enhance the need of develop educational programs which mai elucidate what are the adverse events, suggesting situations to understand the causes of the problem and proposes of improvement, as well the importance of the notification act, as much for the hospital as for the patients.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM::ENFERMAGEM DE SAUDE PUBLICA
Keywords: Eventos adversos
Serviço de saúde
Assistência
Hospital universitário
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Enfermagem - FAENF/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EventosAdversosRelacionados.pdf1,28 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons