Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1565
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Produção de carvão vegetal e ativação térmica a partir de resíduos de bambu (Bambusa vulgaris) para adsorção de Cobre (II)
metadata.dc.creator: SILVA, Yuri Leon dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: NEVES, Alacid do Socorro Siqueira
metadata.dc.contributor.advisor-co1: DANIEL, Brenda Thayssa Figueira
Issue Date: 16-Jul-2019
Citation: SILVA, Yuri Leon dos Santos. Produção de carvão vegetal e ativação térmica a partir de resíduos de bambu (Bambusa vulgaris) para adsorção de Cobre (II). Orientador: Alacid do Socorro Siqueira Neves 2019. 72 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciência e Tecnologia) – Campus Universitário de Ananindeua, Universidade Federal do Pará, Ananindeua, 2019. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1565. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O carvão ativado (CA) é um produto essencial para remoção de contaminantes ambientais, contudo os altos custos de produção limitam seu uso eficaz no tratamento de efluentes que prejudicam comunidades, porém vários estudos objetivam encontrar materiais orgânicos de fontes renováveis, de baixo custo e com menor impacto ambiental. Logo, este trabalho tem como objetivo produzir carvão vegetal a partir do caule do bambu (Bambusa Vulgaris), resíduo do processo de paisagismo do Bosque Camilo Viana - UFPA, e ativá-lo termicamente em diferentes temperaturas para verificar a eficiência do processo de adsorção. O Bambu foi coletado, lavado e secado em estufa a 105 ºC por 24 horas. Os carvões foram carbonizados a 550 ºC por 3 horas e ativados termicamente a 800 ºC em tempos de 1, 2 e 3 horas e posteriormente, por meio dos ensaios de adsorção, identificou-se o melhor tempo de ativação do CA. Para a caracterização dos carvões vegetal e ativados foram realizadas análises em MEV, DRX, MEV-EDS e FRX, onde foi possível determinar que o carvão ativado a 800 ºC pelo tempo de 2 horas (CAB 2H) se apresentou como melhor adsorvente para a adsorção de íons de cobre (II), com índices acima de 95%, determinado pelo método de absorção atômica, onde o pH da solução demonstrou caráter alcalino de 8,37. A morfologia do material (MEV) ilustrou estrutura porosa que, quando analisada pelo espectro (MEV/EDS) confirmou sua característica carbonácea pelo alto teor de carbono (C); ademais, o DRX e o FRX confirmaram a elevada presença de potássio (K) e cloro (Cl) na amostra, o que justifica a formação de fases mineralógicas em submissão a altas temperaturas.
Abstract: Activated charcoal (AC) is an essential product for removal of environmental contaminants, however the high costs of production limit your effective use in the treatment of effluents that harm communities, however several studies aim to find organic materials renewable sources, low cost and with less environmental impact. Soon, this work aims to produce charcoal from the stalk of bamboo (Bambusa Vulgaris), the landscaping process residue Woods Camilo Viana-UFPA, and activate it thermally at different temperatures to check the efficiency of the adsorption process. The bamboo was collected, washed and dried in an oven at 105º C for 24 hours. The coals were charred to 550° C for 3 hours and thermally activated the 800° C in times of 1, 2 and 3 hours and subsequently, by means of adsorption tests identified the best the approx. uptime For the characterization of vegetable coals and activated were rea overall analysis on SEM, XRD, SEM-EDS and FRX, where it was possible to determine that the activated charcoal to 800° C for 2 hours (CAB 2:00) performed as best adsorbent for adsorption of copper ions (II), with indexes above 95%, determined by the absorption method Atomic, where the pH of the solution has shown alkaline character 8.37. The morphology of the material (MEV) illustrated porous structure that, when analyzed by spectrum (EDS) confirmed your carbonácea feature for high carbon (C); Furthermore, the DRX and FRX confirmed the high presence of potassium (K) and chlorine (Cl) in the sample, which justifies the formation of mineralogical phases in submission to high temperatures.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICA::MATERIAIS NAO METALICOS::EXTRACAO E TRANSFORMACAO DE MATERIAIS
Keywords: Carvão ativado
Adsorção
Bambu
Cobre (II)
Activated carbon
Adsorption
Bamboo
Copper (II)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Curso de Ciência e Tecnologia - CANAN

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_ProducaoCarvaoVegetal.pdf3,2 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons