Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1474
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: A história de livros de leitura na Amazônia paraense (1820-1920): discursos sobre civilidade e linguagem
metadata.dc.creator: RODRIGUES, Gleice Helem Ferreira
metadata.dc.contributor.advisor1: DUARTE, Raimunda Dias
Issue Date: 19-Dec-2018
Citation: RODRIGUES, Gleice Helem Ferreira. A história de livros de leitura na Amazônia paraense (1820-1920): discursos sobre civilidade e linguagem. Orientadora: Raimunda Dias Duarte. 2018. 63 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Letras – Língua Portuguesa) – Faculdade de Ciências da Linguagem, Campus Universitário de Abaetetuba, Universidade Federal do Pará, Abaetetuba, 2018. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1474. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho tem como tema “A história de livros de leitura na Amazônia paraense (1820- 1920): discursos sobre civilidade e linguagem”. O objeto deste estudo são livros escolares de leitura produzidos no Pará no período de 1820 a 1920, com foco no livro de leitura ‘Compendio de civilidade christã’, de Dom Macedo Costa. O objetivo geral desse trabalho é compreender a história dos livros de leitura na Amazônia paraense do período de 1820 a 1920. Para isso, busca-se compreender o contexto socio-histórico e cultural de produção de livros de leitura na Amazônia paraense no período estudado, documentar as obras produzidas na Amazônia paraense no período estudado, fazer um levantamento de autores de livros de leitura do período de 1820 a 1920, compreender a importância de autores de livros de leitura para a educação na Amazônia e fazer uma análise polifônica do Compendio de civilidade christã para verificar como a ideia de civilidade no século XIX está relacionada ao uso da língua portuguesa. O método utilizado foi a pesquisa bibliográfica e a pesquisa documental na fase de investigação e catalogação das obras, e a análise polifônica com base em Bakhtin (1997) na análise do Compendio de civilidade christã. Ao todo, foram documentados 30 autores de livros de leitura e 156 obras produzidas na Amazônia paraense no período de 1820 a 1920, dentre os autores estão Francisco de Vilhena Alves, autor de Selecta litteraria e Miscellanea Litteraria; Joaquim Pedro Corrêa de Freitas, autor de Ensino de leitura e Paleographo ou arte de aprender a ler a letra manuscripta e José Eustáchio de Azevedo, autor de Anthologia Amazonica e Musa eclectica. Nesse período, a produção dos livros de leitura era influenciada pelo contexto sociopolítico e cultural do Brasil e da Europa. Na análise polifônica do livro de leitura ‘Compendio de civilidade christã’ verificou-se que há um cruzamento de vozes entre Dom Macedo Costa e outros autores da época e da contemporaneidade em relação ao uso da língua portuguesa, confirmando que os discursos constituem resposta a outros discursos.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Keywords: Livros de leitura
Autores paraenses
Análise polifônica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Curso de Língua Portuguesa - CABAE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_HistoriaLivrosLeitura.pdf952 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons