Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1458
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Especialização
Title: A Festa do Peixe como Patrimônio do Povo Aikewara, São Geraldo do Araguaia no Estado do Pará
metadata.dc.creator: Teixeira, Thomas Rafael Alves
metadata.dc.contributor.advisor1: FERREIRA JÚNIOR, Amarildo
Issue Date: 2016
Citation: Teixeira, Thomas Rafael Alves. A Festa do Peixe como Patrimônio do Povo Aikewara, São Geraldo do Araguaia no Estado do Pará. Orientador: Amarildo Ferreira Júnior. 2016. 55 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Planejamento e Gestão Pública do Patrimônio Cultural) – Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Universidade Federal do Pará, Belém, 2016. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1458. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Nesse estudo objetivei compreender o sentido da Festa do Peixe para os Suruí Aikewara, da Aldeia Sororó, no estado do Pará. Para tal realizei uma descrição desse ritual e em seguida verifiquei como abordaria a questão do patrimônio dentro do conflito que permeia essas relações. Realizei uma pesquisa de campo, com dados coletados a partir de entrevistas realizadas com os alunos da turma Suruí Aikewara do curso de Licenciatura Intercultural Indígena. Obtive consideráveis informações que possibilitaram entender a importância que esse ritual tem para os Aikewara e qual a ideia que eles têm de patrimônio. Percebi que os conflitos são perenes, pois estão no cotidiano da aldeia, então para analisá-los utilizei categorias como ressignificação de García Canclini (2008), processo ritual de Turner (1975) e patrimônio cultural proposta por Gallois (2011). Verifiquei que a Festa do Peixe, como outros rituais, exerce um importante papel de transmissão intergeracional da cultura Aikewara, onde os mais velhos assumem papel fundamental no repasse dos saberes necessários a sua realização
Abstract: The study aimed to understand the meaning of party fish for the Suruí Aikewara, in the Village Sororó, in the state of Pará. To this end it was made a description of this ritual and then found to tackle the question of patrimony in the conflict that permeates these relations. We conducted a field survey, with data collected from interviews with students the Surui Aikewara of the class travel of Indigenous Intercultural Degree. Considerables informations was obtained that enables us to understand the importance of this ritual has to Aikewara and what idea they have of patrimony. Conflicts are perennials, because are in the village everyday, so to analyze them is used categories such as resignification of Garcia Canclini (2008), social process of Turner (1975) and cultural heritage proposed by Gallois (2011). It was found that the party Fish, like other rituals, plays an important role in the intergenerational transmission of Aikewara culture, where the older people play a key role of the transfer of knowledge necessary for their realization
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA::ETNOLOGIA INDIGENA
Keywords: Índios Suruí
Índios Aikewara
Patrimônio cultural
Terra Indígena Sororó
Festa do Peixe
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação Lato-Sensu - PPGLS/NAEA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia_FestaPeixePatrimonio.pdf1,71 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons