Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1449
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Humanização em unidade de terapia intensiva: a comunicação como instrumento essencial no processo de recuperação de um paciente crítico
metadata.dc.creator: BESSA, Diego Luiz Pinheiro
CLÁUDIO NETO, Mário
metadata.dc.contributor.advisor1: POLARO, Sandra Helena Isse
Issue Date: 2013
Citation: BESSA, Diego Luiz Pinheiro; CLÁUDIO NETO, Mário. Humanização em unidade de terapia intensiva: a comunicação como instrumento essencial no processo de recuperação de um paciente crítico. Orientadora: Sandra Helena Isse Polaro. 2013. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Faculdade de Enfermagem, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2013. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1449. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Comunicação é a troca de informações, fatos, ideias e significados. Entre os componentes de uma comunicação estão a mensagem, o comunicador, o receptor, e o meio. Neste sentido, este estudo aborda a contextualização da comunicação entre o enfermeiro e o paciente crítico na Unidade de Terapia Intensiva, bem como a comunicação como componente essencial da humanização para a recuperação deste paciente. Interessa-nos compreender a percepção do enfermeiro sobre a comunicação como canal de interação com este paciente, e como um instrumento no processo de recuperação do mesmo. Assim sendo, o objetivo geral da pesquisa é conhecer a percepção do enfermeiro intensivista quanto ao processo de comunicação entre si e o paciente internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB). Os objetivos específicos serão: Identificar as facilidades e dificuldades no processo de comunicação entre enfermeiros e pacientes; e descrever os fatores que influenciam no processo de comunicação no contexto de uma UTI. Esta pesquisa trata-se de uma pesquisa descritiva exploratória, com abordagem qualitativa. Será realizada com sete (07) enfermeiros que trabalham na UTI do hospital pesquisado, que serão entrevistados e responderão a um questionário com cinco (5) perguntas abertas, que questionam sobre as dificuldades, facilidades e os fatores que influenciam no processo da comunicação entre o enfermeiro e o paciente. A coleta de dados ocorreu no mês de julho do ano de 2013. Após as entrevistas serão destacados aspectos relevantes para o estudo. Os mesmos serão distribuídos em unidades de significados e categorias, baseado na análise de conteúdo de Bardin. Este estudo contemplará as diretrizes da Resolução 196/96, que trata das pesquisas envolvendo seres humanos.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Keywords: Comunicação
Paciente crítico
Assistência
UTI
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Enfermagem - FAENF/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_HumanizacaoUTIComunicacao.pdf623,22 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons