Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1387
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Revisitando as políticas de saúde mental no Brasil
metadata.dc.creator: LEITE, Larissa Pinheiro do Rosário Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: PEREIRA, Luciléia da Silva
Issue Date: 2011
Citation: LEITE, Larissa Pinheiro do Rosário Oliveira. Revisitando as políticas de saúde mental no Brasil. Orientadora: Luciléia da Silva Pereira. 2011. 50 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Faculdade de Enfermagem, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2011. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1387. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo tem como objetivo refletir sobre os princípios da reforma psiquiátrica como uma possibilidade de assistência integral do sujeito. Deu-se através de uma pesquisa bibliográfica nas bases de dados eletrônicas Medline e Lilacs (2001 a 2011), com os seguintes descritores: políticas de saúde mental, reforma psiquiátrica e desinstitucionalização. Trata da história da psiquiatria no Brasil e no Pará, abordando os acontecimentos que modificaram a assistência ao portador de transtorno psíquico, evidenciando o processo da reforma psiquiátrica, que tem como uma das vertentes principais a desinstitucionalização com consequente desconstrução do manicômio e dos paradigmas que o sustentam. A substituição progressiva das práticas asilares por outros modelos terapêuticos exigiu e ainda exige esforços da sociedade como um todo, que se apoiam em políticas de saúde mental, para que se garanta a cidadania do doente, seus direitos e atentando para a sua singularidade. Tal assunto vem sendo objeto de discussão não só entre os profissionais de saúde, mas também em toda a sociedade. No Pará, o processo de mudança na assistência à saúde mental acontece com certo atraso em relação a outros estados, mas proporciona ao doente um atendimento mais humano utilizando-se de modelos substitutivos de assistência. A atenção em saúde mental ainda tem muito a avançar, as dificuldade que sabemos existir no funcionamento da rede, não pode ser maior que a vontade de lutar para que consigamos cada vez mais a melhoria da qualidade de atenção a essas pessoas, fazendo valer os esforços de outras gerações e para que a Reforma Psiquiátrica não se esgote na aprovação de leis, entendendo que cada uma dela é o começo de mais uma longa trajetória a ser percorrida.
Abstract: The present study aims to reflect on the principles of psychiatric reform as an opportunity for comprehensive care of the subject. Took place through a literature search in electronic databases Medline and Lilacs (2001 to 2011), with the following keywords: mental health policy, psychiatric reform and deinstitutionalization. This is the history of psychiatry in Brazil and Pará by addressing the events that changed the service to people with mental disorders, highlighting the process of psychiatric reform, which is a major focus with the deinstitutionalization of mental hospitals and consequent deconstruction of paradigms that support it. The progressive replacement of asylum practices by other therapeutic models required and still requires efforts of society as a whole, which rely on mental health policies, to ensure that the citizenship of the patient, their rights and attending to their uniqueness. This issue has been the subject of discussion not only among health professionals, but also throughout society. In Pará, the process of change in mental health care occurs with some delay compared to other states, but gives the patient a more human model using substitute care. The mental health care still has long way to go, we know the difficulties that exist in network operation, can not be greater than the will to fight so that we can increasingly improve the quality of care to these people, validating the efforts other generations and for the Psychiatric Reform is not exhausted by passing laws, understanding that each one of them is the beginning of another long journey to go.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM::ENFERMAGEM PSIQUIATRICA
Keywords: Políticas
Saúde mental
Psiquiatria
Bibliometria
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Enfermagem - FAENF/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_ResivitandoPoliticasSaude.pdf428,85 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons