Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1385
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Prevalência de doenças de notificação compulsória: um estudo epidemiológico
metadata.dc.creator: SOUZA, Daniele Lima de
metadata.dc.contributor.advisor1: TAVARES, Roseneide dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor-co1: CARÁGENES, Vivian Lúcia D’Annibale
Issue Date: 2011
Citation: SOUZA, Daniele Lima de. Prevalência de doenças de notificação compulsória: um estudo epidemiológico. Orientadora: Roseneide dos Santos Tavares. 2011. 52 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Faculdade de Enfermagem, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2011. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1385. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: As Doenças de Notificação Compulsória são assim designadas por constarem na Lista de Doenças e Agravos de Notificação Compulsória, em âmbito mundial, nacional, estadual e municipal. Grande parte dessas doenças, devido sua gravidade demanda tratamento hospitalar em algum momento de sua evolução, sendo nesses casos que o Núcleo de Vigilância Epidemiológica do Hospital Universitário João de Barros Barreto, contribui para realização das ações da vigilância epidemiológica. Este trabalho tem como objetivo verificar a prevalência das Doenças de Notificação Compulsória ocorridas no Hospital Universitário João de Barros Barreto no período de janeiro de 2007 a dezembro de 2010, abrangendo as seguintes variáveis: critério de confirmação do diagnóstico, sexo, faixa etária, escolaridade, procedência e óbitos. Trata-se de um estudo descritivo, retrospectivo, com abordagem quantitativa. A fonte utilizada foi o Sistema de Informações de Agravos de Notificação do Núcleo de Vigilância Epidemiológica. A análise dos dados foi realizada por meio do programa BioEstat 5.0, através do teste qui-quadrado e Teste G. O teste qui-quadrado foi utilizado nas variáveis que envolveram sexo, faixa etária e escolaridade. O Teste G foi aplicado nas variáveis que abrangeram procedência e óbitos. No período em estudo, foram registrados no banco de dados 7.194 casos suspeitos de Doenças de Notificação Compulsória, sendo destes 5.374 confirmados, entre as confirmados 4.908 correspondem a doenças prevalentes como tuberculose (2.057/4.908), meningite (923/4.908), AIDS (695/4.908), dengue (523/4.908), hepatites virais (383/4.908) e leishmaniose visceral (327/4.908). O critério de confirmação do diagnóstico foi maior através do critério clínico laboratorial do que o critério clínico-epidemiológico, exceto para tuberculose que teve a maior parte dos seus casos confirmados através do critério clínico-epidemiológico. O sexo masculino foi superior ao feminino em todas as doenças prevalentes em estudo. Destaca-se a faixa etária com maior freqüência de 0-12 anos para meningites, dengue e leishmaniose visceral, dos 19-39 anos para tuberculose e AIDS e dos 40-59 anos para hepatites virais. Quanto a escolaridade, a maior parte dos casos de meningite e leishmaniose visceral não possuíam ao menos um ano de estudo, para a AIDS com 5-8 anos e nos casos de dengue, tuberculose e hepatites virais prevaleceu 9-12 anos de estudo. A maioria dos casos confirmados é procedente da mesorregião metropolitana de Belém (74,55%). Quanto aos óbitos, a AIDS predomina 44,75% dos casos, seguido respectivamente a tuberculose, meningites, hepatites virais, leishmaniose visceral e dengue. As doenças em estudo exigem medidas eficazes para a sua prevenção e controle. O profissional de enfermagem, deverá colaborar com o processo de informação, decisão e ação, através de conhecimento teórico e científico do ambiente e situações de risco, realizando ações que promovam saúde para a sociedade de um modo geral.
Abstract: Diseases of Compulsory Notification is well known as appear in the List of Diseases and Diseases of Compulsory Notification in the global, national, state and municipal levels. Most of these diseases because of its gravity demands hospital treatment at some point in its evolution, in which case the Center for Epidemiological Surveillance of the University Hospital João de Barros Barreto, contributes to achievement of the actions of epidemiological surveillance. This study aims to determine the prevalence of Diseases of Compulsory Notification occurred at the University Hospital João de Barros Barreto from January 2007 to December 2010, the following variables: criteria for diagnosis, sex, age, education, origin and deaths. It is a descriptive, retrospective study with a quantitative approach. The source used was the Information System of Notifiable Diseases Surveillance Center. Data analysis was performed using the BioEstat 5.0, using the chi-square test, and G. The chi-square test was used on variables involving gender, age and education. The G test was applied to the variables that included origin and deaths. During the study period were recorded in the database 7,194 suspected cases of diseases of compulsory notification, and of these 5,374 confirmed among the 4,908 confirmed correspond to prevalent diseases such as tuberculosis (2.057/4.908), meningitis (923/4.908), AIDS ( 695/4.908), dengue (523/4.908), viral hepatitis (383/4.908) and visceral leishmaniasis (327/4.908). The criterion for confirmation of diagnosis was increased by the clinical laboratory of the clinical and epidemiological criteria, except for tuberculosis, which had most of their cases confirmed by clinical and epidemiological criteria. The male was higher than females at all prevalent in the study. There is the age group with the highest frequency of 0-12 years for meningitis, dengue and visceral leishmaniasis, of 19-39 years for tuberculosis and AIDS and viral hepatitis for 40-59 years. As for education, most cases of meningitis and visceral leishmaniasis did not have at least one year of study, to AIDS in 5-8 years and in cases of dengue, tuberculosis and viral hepatitis prevailed 9-12 years of study. The majority of confirmed cases is coming from the middle region of metropolitan Belém (74.55%). Regarding the deaths, AIDS dominates 44.75% of cases, respectively followed by tuberculosis, meningitis, viral hepatitis, dengue and visceral leishmaniasis. The diseases studied require effective measures for its prevention and control. The nursing staff should assist in the process of information, decision and action, through scientific and theoretical knowledge of the environment and risk situations, performing actions that promote health for society in general.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM::ENFERMAGEM DE DOENCAS CONTAGIOSAS
Keywords: Enfermagem
Notificação de doenças
Vigilância epidemiológica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source.uri: Disponível na Internet via correio eletrônico: bdm@ufpa.br
Appears in Collections:Faculdade de Enfermagem - FAENF/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_PrevalenciaDoencasNotificacao.pdf517,84 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons