Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1380
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Caracterização físico-química e determinação da proveniência dos sedimentos lamosos do estuário do rio Cunani-AP
metadata.dc.creator: RODRIGUES, Patrícia Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVA, José Francisco Berrêdo Reis da
metadata.dc.contributor.advisor-co1: LAFON, Jean Michel
Issue Date: 2016
Citation: RODRIGUES, Patrícia Silva. Caracterização físico-química e determinação da proveniência dos sedimentos lamosos do estuário do rio Cunani-AP. Orientador:José Francisco Berrêdo Reis da Silva . 2016. 86 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) - Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2016. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1380. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Estuários proveêm abrigo e alimento para organismos betônicos e pelágicos, para consumidores primários da cadeia alimentar e também para seres humanos. Atuam também como barreiras, diminuíndo o impacto de inundações e erosões nas áreas costeiras. Nesse trabalho determinou-se as propriedades físico-químicas (Eh, pH e salinidade intersticial) bem como as características mineralógicas e geoquímicas dos sedimentos lamosos do rio Cunani-AP, a fim de contribuir para o conhecimento dos processos de circulação, sedimentação e proveniência dos sedimentos estuarinos. O rio Cunani está inserido no Domínio Norte da Planície Costeira do Estado do Amapá e forma um dos poucos estuários que desembocam diretamente no Oceano Atlântico, formando uma extensa praia estuarina. Situa-se no macrocompartimento do Golfão Amazônico e foi classificado como um estuário importador de sedimentos. De maneira geral os valores de pH variaram de básico a levemente alcalinos, porém nos sedimentos mais próximos a a montante do estuário valores entre 5,5 e 5,7 foram registrados. Os valores negativos de Eh classificaram essa região do estuário como um ambiente redutor. A fração granulométrica dominante observada foi a fração lamosa. O grau de correlação de Pearson (r) entre Al2O3, Fe2O3, CaO, Na2O, K2O, elementos traços (Nb, Sr, Th, Sc, Co etc) e elementos terras raras (La, Nd, Tm, Sm etc) variaram entre moderado a forte. Essa relação linear entre os elementos acima citados está associada a presença de argilominerais como esmectita, caulinita e ilita. Mineralogicamente os sedimentos são compostos por quartzo, muscovita, esmectita, caulinita e ilita. Duas assembleias de minerais pesados transparentes foram identificadas e denominadas de assembleias A e B. A assembleia A é formada por hornblenda, epidoto, topázio, estaurolita, turmalina, andaluzita, hiperstênio, zircão, rutilo e apatita, e é representativa dos sedimentos lamosos. A Assembleia B é composta por zircão, hornblenda, epidoto, topázio, rutilo e turmalina e representa os sedimentos de fundo. O estudo dos minerais pesados revelou que essas assmbleias possuem áreas fontes distintas. Propõe-se que a assembleia B tenha como fonte principal o granito Cunani e, subordinadamente, a Suíte Cricou e, o Granodiorito Carnot e, a assembleia A, seja proveniente de sedimentos da Plataforma Amazônica.
Abstract: Estuaries provide food and habitat for a large array of benthic, and pelagic organisms, to primary consumers in the food chain and also to human beings. They act also as protection of coastal areas from floods and erosion. In this paper we studied the physical-chemical properties (interstitial pH, Eh and salinity) as well as the mineralogical and geochemical characteristics of sediments from the Cunani River-Amapá-Brazil, all in order to contribute to the geological knowledge of this remote area. The Cunani River is located in the northern domain of the coastal plain of Amapá State and it is one of a few estuaries that discharges into the Atllantic Ocean in a wide sandy beach. The tide influence reaches about 28 km away from the mouth of the river, with the saline front not exceeding 13 km. pH valoues of the interstitial fluids had vary between basic to slightly neutral, except in the sediments near to Cunani’s river mouth, where they were acidic. The negative Eh values, raging from -20 to -280 indicated a reducing environment. The dominant grain size is mud, accouting for 98% of the total sediments. Pearson’s r among major (Al2O3, Fe2O3, CaO, Na2O, K2O), trace elements (Nb, Sr, Th, Sc, Co etc) and REE (La, Nd, Tm, Sm etc) varied between medium and high correlation. We supposed that this linear relationship between this elements are related to the chemical structure of clayminerals as kaolinte, chlorite and illite. Mineralogically the sediments were composed by quartz, muscovite, smectite, kaolinite, albite and ilite. Two different transparent heavy minerals assemblies were distinguished, assembly A and B. Assembly A is formed by hornblende, epidote, topaz, staurolite, tourmaline, hypersthene, zircon, rutile, andaluzite, apatite and it’s representative of the muddy sediments of Cunani’s river. Assembly B is composed of zircon, hornblende, topaz, rutile, epidote and it is representative of coarsening upwards sediments. The study of heavy minerals revealed that these two assemblies had originated from differents sources. Assembly A had come from the Amazon river and assembly B had come mainly from Cunani Granite and also from Carnot Granodiorite and Cricou suite.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::MINERALOGIA
Keywords: Sedimentos - Geologia
Estuários
Propriedades físico-químicas
Rio Cunani - AP
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_CaracterizacaoFisicoQuimica.pdf2,14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.