Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1363
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Perfil epidemiológico e análise espacial da hanseníase na área de atuação da Estratégia Saúde da Família. Belém - Pará
metadata.dc.creator: LIMA, Kaio Pantoja de
metadata.dc.contributor.advisor1: VALLINOTO, Izaura Maria Vieira Cayres
metadata.dc.contributor.advisor-co1: PEREIRA, Waltair Maria Martins
Issue Date: 2017
Citation: LIMA, Kaio Pantoja de. Perfil epidemiológico e análise espacial da hanseníase na área de atuação da Estratégia Saúde da Família. Belém – Pará. Orientadora: Izaura Maria Vieira Cayres Vallinoto. 2017. 77 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Medicina) - Faculdade de Medicina, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1363. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A hanseníase é uma doença infectocontagiosa crônica, endêmica no Brasil, e constitui sério problema de Saúde Pública em muitos países. Por essa razão, é necessário intensificar as ações de vigilância epidemiológica, voltadas à maior efetividade no diagnóstico e no tratamento da doença, especialmente, identificando áreas de maior concentração dos casos, por meio de Sistemas de Informação Geográfica. Objetivo: Descrever o perfil epidemiológico, a distribuição espacial dos casos de hanseníase e a qualidade do serviço da Estratégia Saúde da Família Parque Amazônia I, em Belém, no período de 2008 a 2015. Método: estudo quantitativo, com desenho de estudo descritivo e transversal. Cenário de pesquisa: área adstrita de atuação da Estratégia Saúde da Família Parque Amazônia I, bairro: Terra Firme, Distrito Administrativo do Guamá, Belém, Pará, Brasil. População do estudo: casos de hanseníase notificados pela Estratégia Saúde da Família Parque Amazônia I, no período de 2008 a 2015. Resultados: obteve-se resultado de 14 pacientes notificados com hanseníase, com maior frequência de pacientes do gênero masculino (71,43%), em relação ao feminino (28,57%). A cor da pele predominante foi parda (42,86%), seguida por pacientes de cor preta (35,71%) e cor branca (21,43%). Mais da metade dos casos notificados correspondeu a pacientes com ensino fundamental incompleto (57,14%). A faixa etária de maior proporção encontrada compreendeu idade entre 20 e 39 anos (43%), correspondendo à população economicamente ativa. A “ocupação” encontrada com maior frequência foi de estudantes (21,44%). Houve predomínio da forma multibacilar entre os casos notificados no período da pesquisa. Foram observados casos com os graus de incapacidade física I e II, no ano de 2015. As maiores taxas de detecção, por 1000 habitantes, foram obtidas durante a execução de Projeto de Extensão financiado pelo Ministério da Saúde. O modo de detecção de casos novos mais frequente foi por demanda espontânea (42,86%), seguida por casos via encaminhamento (28,57%). Dos casos notificados, 42,86% estavam localizados fora da área adstrita, e 35,71% localizavam-se próximos à unidade. A qualidade das ações e dos serviços prestados pela Estratégia Saúde da Família Parque Amazônia I oscilou entre Bom e Precário, no que tange ao exame de contatos intradomiciliares. Conclusão: descrição de perfil epidemiológico e o uso de técnicas de análise espacial poderão influenciar em melhores planejamento e organização das atividades realizadas pela equipe de saúde da Estratégia Saúde da Família Parque Amazônia I.
Abstract: Leprosy is a chronic infectious contagious disease, endemic in Brazil, and constitutes a serious public health problem in many countries. For this reason, it is necessary to intensify the epidemiological surveillance actions, aimed at greater effectiveness in the diagnosis and treatment of the disease, especially, identifying areas of greater concentration of cases, through Geographic Information Systems. Objective: To describe the epidemiological profile, the spatial distribution of leprosy cases and the service quality of the Family Health Strategy of the Parque Amazônia I, in Belém, from 2008 to 2015. Method: quantitative study, with a descriptive and transversal study design . Research scenario: area of activity of the Family Health Strategy Parque Amazônia I, neighborhood: Terra Firme, Guamá Administrative District, Belém, Pará, Brazil. Study population: cases of leprosy reported by the Family Health Strategy of the Parque Amazônia I, from 2008 to 2015. Results: a result of 14 patients with leprosy was reported, with a higher frequency of male patients (71.43% ), In relation to the female (28.57%). The predominant skin color was brown (42.86%), followed by black patients (35.71%) and white patients (21.43%). More than half of the reported cases corresponded to patients with incomplete primary education (57.14%). The age group of the highest proportion found age between 20 and 39 years (43%), corresponding to the economically active population. The most frequently found "occupation" was students (21.44%). There was a predominance of the multibacillary form among the cases reported in the study period. Cases with physical disability I and II were observed in the year 2015. The highest detection rates per 1000 inhabitants were obtained during the execution of an Extension Project financed by the Ministry of Health. The method of detection of new cases More frequent was by spontaneous demand (42.86%), followed by cases via referral (28.57%). Of the reported cases, 42.86% were located outside the assigned area, and 35.71% were located near the unit. The quality of the actions and services provided by the Health Strategy of the Family Park Amazonia I oscillated between Good and Precarious, regarding the examination of intradomiciliary contacts. Conclusion: epidemiological profile and the use of spatial analysis techniques may influence better planning and organization of the activities carried out by the health team of the Family Health Strategy Parque Amazônia I.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::EPIDEMIOLOGIA
Keywords: Hanseníase
Saúde da família
Amazônia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source.uri: Disponível na internet via correio eletrônico: bibsaude@ufpa.br
Appears in Collections:Faculdade de Medicina - FAMED/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_PerfilEpidemiologicoAnalise.pdf3,93 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons