Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1351
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Prospecção geofísica para delimitação do contato das formações Itapecuru e Codó no município de Jacundá-PA
metadata.dc.creator: MENDES, Marcelo Fernandes
metadata.dc.contributor.advisor1: ALVES, José Geraldo das Virgens
Issue Date: 17-Jan-2012
Citation: MENDES, Marcelo Fernades. Prospecção geofísica para delimitação do contato das formações Itapecuru e Codó no município de Jacundá-PA. Orientador: José Geraldo das Virgens Alves. 2012. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geofísica) - Faculdade de Geofísica, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2012. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1351. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A sede do Município de Jacundá, Leste do Estado do Pará, tem um sistema de abastecimento público de água ainda incipiente, a partir de fonte superficial não perene, de pequena vazão e que atende menos de 20% da população. Poços abertos e tubulares rasos são a principal fonte, mas de uso particular, restrito e sazonal. A vazão de dois poços tubulares profundos, construídos na cidade, deu indícios de que a alternativa por esta fonte poderia se constituir numa boa opção de solução para o abastecimento local. A cidade de Jacundá está assentada na borda da Bacia Sedimentar do Parnaíba. No local, a cobertura é constituída de sedimentos não consolidados e rochas da Formação Itapecuru, sobrepostos a rochas da Formação Codó. Embora seja conhecida como tendo bons aquíferos, a Formação Itapecuru que constitui a cobertura no Município de Jacundá, tem pequena espessura e, assim, seu potencial hídrico é fraco e sazonal. A Formação Codó, de permeabilidade restrita, apresenta no local um grande pacote de folhelho, mas, com boa sequência de intercalações de arenitos, podendo ser um aquífero para o local. Poços perfurados na cidade que alcançaram as intercalações de arenitos no pacote de folhelho tiveram vazões em média de 10m3/h. Esse fato deu razão para este estudo geofísico para determinação do topo da Formação Codó, visando contribuir para planejamento da gestão de abastecimento público de água na cidade. Foram utilizadas 6 sondagens elétricas verticais e uma perfilagem geofísica corrida em um poço. As seis SEV’s tiveram uma interpretação preliminar. E, o detalhamento dos estratos oferecidos pela perfilagem serviu de guia para ampliar a interpretação da SEV 6 adjacente ao poço perfilado. O modelo obtido da SEV 6 foi introduzido na interpretação das outras cinco sondagens, gerando modelos mais representativos da subsuperfície do local. Como resultado, este trabalho oferece o mapeamento do contato da Formação Itapecuru com a Formação Codó na área da Sede do Município, indicando a fronteira superior da zona com potencial hídrico que pode significar a solução para a gestão do abastecimento de água na cidade de Jacundá.
Abstract: The city of Jacundá, east of Pará State, has an incipient public water supply system, from few flow seasoned superficial source, that provides less than 20% of the population. Tubular shallow and open wells are the most used sources for private, limited and seasonal use. The flow from two deep tubular wells, drilled in Jacundá City, indicates this source as a good alternative for the solution for the local water supply. The city of Jacundá is seated on the edge of Parnaíba Sedimentary Basin. On the local, the coverage is constituted of non consolidated sediments and rocks of Itapecuru Formation, superimposed on the rocks of Codó Formation. Although having good aquifers, the Itapecuru Formation that constitute the coverage in Jacundá city it has little thickness and them its hydric potential is weak and seasonal. The Codó Formation, has restrict permeability and a thick packet of shale, but a good intercalation of sandstone. It means that this formation can be supply aquifer for the local. Wells drilled in the city that reach the sandstone intercalation had a flow in the meaning of 10m3/h. This fact gave reason for this geophysical study, determinating the top of Codó Formation, aiming to contribute for the planning and management of the public water supply in the city. It was utilized six Vertical Electric Sounding and one Well Log. The six VES had a preliminary interpretation. And, the detailing of the offered strata by the Well Log served to clarify the VES number 6, adjacent to the drilled well. The obtained model of VES number 6 was introduced in the interpretation of the other five VES, generating more representative models of the subsurface of the local. As a result, this study offer the mapping of the contact between Itapecuru and Codó Formations on the city of Jacundá, pointing the superior edge of the zone with good hydric potential which can mean the solution for the water supply management in the city of Jacundá.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOFISICA
Keywords: Geofísica aplicada
Perfilagem geofísica de poços
Jacundá - PA
Formação Codó
Formação Itapecuru
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Geofísica - FAGEOF/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_ProspeccaoGeofisicaDelimitacao.pdf2,49 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons