Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1344
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Especialização - Artigo
Title: Mulheres da Horta: um estudo sobre os impactos causados pelo “lixão” em uma comunidade de agricultura familiar no Uriboca, Marituba, Pará
metadata.dc.creator: MORAES, Ieda Palheta
metadata.dc.contributor.advisor1: MESQUITA, Thiago Broni de
Issue Date: 4-Jan-2019
Citation: MORAES, Ieda Palheta. Mulheres da Horta: um estudo sobre os impactos causados pelo " lixão " em uma comunidade de agricultura familiar no Uriboca, Marituba, Pará. Orientador: Thiago Broni de Mesquita. 2019. 28 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em História Agrária da Amazônia Contemporânea) – Campus Universitário de Ananindeua, Universidade Federal do Pará, Ananindeua, 2019. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1344. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Este artigo analisa o contexto sociocultural de mulheres que praticam a agricultura familiar no bairro do Uriboca, município de Marituba, Pará, observando os impactos causados no cotidiano e no trabalho dessas agricultoras a partir da instalação do Aterro Sanitário CPTR Marituba. A pesquisa está centrada na análise de experiências e memória de mulheres que trabalham em hortas com base na agricultura familiar, destacando os seus modos de vida e de trabalho, bem como as formas de legitimação que a empresa REVITA utilizou para instalar o CPTR Marituba. Procurou-se observar as mudanças que ocorreram na paisagem em decorrência da implantação do aterro sanitário, a qual estabelece uma dinâmica de conflitos e de resistência, em especial, no que se refere à perspectiva das agricultoras em relação ao futuro. Metodologicamente, esta pesquisa ancorou-se em entrevistas semiestruturadas, pesquisa bibliográfica sobre a temática em jornais, Atas da Câmara Municipal de Marituba e documentos oficiais da EMATER.
Abstract: The article analyzes the socio-cultural context of women who practice family farming in the Uriboca neighborhood, in the municipality of Marituba, in the State of Pará, observing the impacts caused by the CPTR-Marituba sanitary landfill. The research is centered on the analysis of experiences and memory of women working in gardens based on family farming, highlighting their ways of life and work, as well as the forms of legitimation that REVITA used to install CPTR-Marituba. It was sought to observe the changes that occurred in the landscape due to the implementation of the sanitary landfill, which establishes a dynamic of conflicts and resistance, especially with regard to the perspective of the farmer in relation to the future. Methodologically, the work is anchored in semi-structured interviews, bibliographies on the subject, newspapers, Marituba City Council Minutes and EMATER document.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DO BRASIL::HISTORIA REGIONAL DO BRASIL
Keywords: Mulher
Cultura familiar
Paisagem
Memória
Woman
Family farming
Landscape
Memory
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Especialização em História Agrária na Amazônia Contemporânea - CANAN

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCCE_MulheresHortaEstudo.pdf1,57 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons