Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1340
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Aplicação de sistemas multiagentes ao problema de autorrecuperação em sistemas elétricos de distribuição do tipo smart grid
metadata.dc.creator: CAMPOS, Ítalo Ramon da Costa
metadata.dc.contributor.advisor1: SARAIVA, Filipe de Oliveira
Issue Date: 2018
Citation: CAMPOS, Ítalo Ramon da Costa. Aplicação de sistemas multiagentes ao problema de autorrecuperação em sistemas elétricos de distribuição do tipo smart grid. Orientador: Filipe de Oliveira Saraiva. 2018. 96 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciência da Computação) – Faculdade de Computação, Instituto de Ciências Exatas e Naturais, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1340. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Um dos setores mais importantes na vida da sociedade moderna é, sem dúvida, o setor de energias e os seus sistemas de geração, transmissão e distribuição. Esses sistemas elétricos são complexos e difíceis de se gerenciar, requerendo aplicações de técnicas sofisticadas para tornar o fornecimento de energia estável e minimamente confiável. Uma área que muito vem sendo desenvolvida ao longo dos últimos anos é a de smart grids, que incorpora à rede elétrica funcionalidades que melhoram a qualidade do serviço prestado, como controle em tempo real dos dados gerados, comunicação digital entre as diferentes partes do sistema, autorrecuperação frente à falhas, etc. Existem muitos trabalhos desenvolvidos que se propõem a estudar o problema da autorrecuperação nos smart grids se utilizando de diferentes técnicas. A autorrecuperação, então, se mostra uma funcionalidade que pode trazer à rede elétrica um grande avanço no sentido de fornecer um serviço contínuo e de qualidade. No âmbito das redes elétricas de distribuição, este trabalho propõe um modelo de sistema multiagente para lidar com o problema da autorrecuperação das redes elétricas do tipo smart grids. Foi desenvolvido um sistema multiagente para simular e gerenciar as operações, as falhas e a autorrecuperação de redes elétricas. A autorrecuperação segue um algoritmo de quatro passos e realiza as decisões com base num algoritmo de fluxo de potência. Para avaliar o sistema proposto, foram utilizados dois modelos de rede elétrica: um primeiro concebido para esta pesquisa, com 8 nós, e outro proposto no trabalho de Baran e Wu (1989), com 33 nós. Os resultados foram obtidos através de simulação computacional e tabulados para análise. Tais resultados mostram que o sistema multiagente é capaz de realizar a autorrecuperação da rede através da execução do algoritmo de quatro passos, salientando que a maneira distribuída como os agentes se coordenam para realizar as operações necessárias é um diferencial na questão de tempo de resposta e esforço computacional demandado pelo sistema.
Abstract: One of the most important sectors of modern society is, undoubtedly, the energy sector and its systems of generation, transmission and distribution. These electric systems are complex and hard to handle, requiring applications of sophisticated techniques to make energy supply stable and minimally reliable. Smart grids is an area that has been developing along last years, which incorporates features to electrical grids that improve the quality of its services, such as real-time data control, digital communication between different parts of the system, self-healing, and others. There are many researches developed that study the self-healing problem using many techniques. The self-healing, so, is a functionality that may bring to the electrical grids great advances in the way to provide a quality and continuous service. In the scope of power distribution grids, this work proposes a model of multiagent system (MAS) to deal with the self-healing problem of smart grids in power distribution level. A MAS was developed to simulate and handle the operations, failures and self-healing of electrical grids. The self-healing follows a four-step algorithm and takes decisions based on a power-flow algorithm. To evaluate the proposed MAS, two models of electrical grid were used: the first one was designed for this research, with 8 nodes, and the second one was proposed in the work of Baran e Wu (1989), with 33 nodes. The results were obtained by computational simulations and tabulated to analysis. These results show that MAS proposed is able to perform the grid self-healing through the four-step algorithm execution, emphasizing that the distributed way how the agents coordinates themselves to perform the needed operations is a differential in relation to the response time and computational effort required by the system.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::CIENCIA DA COMPUTACAO
Keywords: Autorrecuperação
Smart grid
Sistemas multiagente
Sistema elétrico de potência
Inteligência artificial
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Computação - FC/ICEN

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_AplicacaoSistemasMultiagentes.pdf3,99 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons