Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1303
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Sarcoma de Kaposi associado ao HIV/AIDS na era pós HA- arte: um estudo histopatológico
metadata.dc.creator: KHOURY, Samara Tamires de Sousa
CAMPOS, Thalita Cristina de Oliveira Brandão
metadata.dc.contributor.advisor1: PIRES, Carla Andréa Avelar
Issue Date: 2017
Citation: KHOURY, Samara Tamires de Sousa; CAMPOS, Thalita Cristina de Oliveira Brandão. Sarcoma de Kaposi associado ao HIV/AIDS na era pós HA- arte: um estudo histopatológico. Orientadora: Carla Andréa Avelar Pires. 2017. 66 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Medicina) – Faculdade de Medicina, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1303. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Sarcoma de Kaposi (SK) é uma neoplasia maligna que ganhou maior importân-cia após a descoberta do seu tipo epidêmico, o qual é associado ao vírus da Imunodeficiência Humana (HIV)/síndrome da imunodeficiência humana (Aids), cujas manifestações clínicas mais frequentes envolvem o aparecimento de lesões cutâneas. O agente etiológico do SK é o vírus Herpes humano tipo 8 (HHV-8). O diagnóstico dessa doença pode ser realizado através da correlação clínico-histopatológica das lesões neoplásicas ou de outros órgãos. Objetivos: Descrever as formas clínicas e alterações histopatológicas em pacientes com SK forma cutâ-nea; descrever o perfil epidemiológico dos pacientes; identificar a frequência das lesões clíni-cas quanto ao tipo e localização; descrever os aspectos histopatológicos das lesões e correla-cionar com as formas clínicas encontradas. Casuística e métodos: O estudo foi realizado com pacientes com diagnóstico clínico e histológico de SK matriculados na enfermaria ou ambula-tórios de infectologia do Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB). Estudo observacional, descritivo, tipo série de casos, os pacientes foram selecionados por amostra de conveniência, durante o período de 01 de Agosto de 2014 a 31 de Julho de 2015. O diagnósti-co clínico foi feito através da observação da lesão, para análise histopatológica foi realizada biópsia da pele de cada paciente. Resultados: A maioria dos pacientes era do gênero masculi-no (12), procedente de Belém da região metropolitana, com média de idade de 34,7 anos. A localização das lesões cutâneas variou bastante, tal qual o tempo de infeção pelo HIV e de lesão cutânea, de 1 a 84 meses. O aspecto clínico de placas infiltradas e nódulos predominou em 38,46% das lesões neoplásicas; as células mais encontradas na análise histopatológica foram as células fusiformes (92,30%); as alterações predominantes foram depósitos de he-mossiderina (100%) e desmoplasia (61,54%). Conclusão: A forma epidêmica do SK estudada neste trabalho mostrou resultados semelhantes aos descritos na literatura. O diagnóstico pre-ciso e precoce desta neoplasia por meio da associação clínica e histopatológica tem finalidade terapêutica imediata e possui importância fundamental na diminuição da morbimortalidade em pacientes que possuem a forma epidêmica da doença.
Abstract: Kaposi's sarcoma (KS) is a malignant neoplasm that has become increasingly important after the discovery of epidemic type, which is associated with the Human Immuno-deficiency Virus (HIV) / Human Immunodeficiency Syndrome (Aids), whose more frequent clinical manifestations involve the appearance of cutaneous lesions. The etiological agent of KS is Human Herpes virus type 8 (HHV-8). The diagnosis of this disease can be made through the clinical-histopathological correlation of neoplastic lesions or of other organs. Purpose: Describe the clinical forms and histopathological changes in patients with KS cu-taneous form; describe the epidemiological profile of the patients; identify the frequency of clinical lesions regarding type and location; describe the histopathological aspects of the le-sions and correlate with the clinical forms found. Casuistry and Methods: The study was carried out with patients with clinical and histological diagnosis of KS enrolled in the ward or out patient clinics of the University Hospital João de Barros Barreto (HUJBB). It is an obser-vational and descriptive study, case series, patients were picked out by convenience sample, during the period from August 1, 2014 to July 31, 2015. The clinical diagnosis was made through observation of the lesion. For histopathological analysis, each patient's skin biopsy was performed. Results: The majority of the patients were male (12), coming from Belem and the metropolitan region, with a mean age of 34.7 years. The location of skin lesions var-ied widely, such as HIV infection time and cutaneous lesion, ranging from 1 to 84 months. The clinical appearance of infiltrated plaques and nodules predominated in 38.46% of neo-plastic lesions. The most found cells in the histopathological analysis were spindle cells (92.30%); the predominant alterations were deposits of hemosiderin (100%) and desmoplasia (61.54%).Conclusion: The epidemic form of SK studied in this study showed similar results to those described in literature. The early diagnosis of this neoplasm by clinical and histo-pathological analysis has the immediate therapeutic purpose and fundamental importance in the reduction of morbimortality in patients who have the epidemic form of the disease.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS
Keywords: Sarcoma de Kaposi (SK)
Vírus herpes humano tipo 8 (HHV-8)
Vírus da imunodeficiência humana (HIV)
Síndrome da imunodeficiência humana (AIDS)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source.uri: Disponível na Internet via correio eletrônico: bibsaude@ufpa.br
Appears in Collections:Faculdade de Medicina - FAMED/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_SarcomaKaposiAssociado.pdf1,75 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons