Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1302
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Libras em saúde: avaliação dos pacientes surdos frente ao atendimento médico e a perspectiva de atendimento dos acadêmicos de medicina da Universidade Federal do Pará
metadata.dc.creator: VASCONCELOS, Sidney dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: VALLINOTO, Izaura Maria Vieira Cayres
Issue Date: 2017
Citation: VASCONCELOS, Sidney dos Santos. Libras em saúde: avaliação dos pacientes surdos frente ao atendimento médico e a perspectiva de atendimento dos acadêmicos de medicina da Universidade Federal do Pará. Orientador: Izaura Maria Vieira Cayres Vallinoto. 2017. 52 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Medicina) – Faculdade de Medicina, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1302. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O encontro entre profissionais de saúde e pacientes surdos costuma ser marcado por dificuldade na comunicação. Embora seja um direito das pessoas com deficiência ter acesso a serviços de saúde de qualidade, elas, são, por muitas vezes, atendidas de maneira incorreta e, até mesmo, são, em alguns casos, desrespeitadas em sua condição, pois os serviços de saúde não possuem profissionais capacitados para um atendimento de excelência a elas. O médico deve ter a habilidade de se comunicar com os pacientes que possuam ou não essas características. No contexto em que muito se discute acessibilidade, torna-se importante difundir conhecimentos sobre a Libras entre discentes de cursos de saúde, para contribuir na formação de profissionais habilitados a compreender e a auxiliar as necessidades das pessoas que a utilizam como sua primeira língua. O estudo tem como objetivo investigar a ampliação do conhecimento sobre a necessidade do acesso às pessoas com deficiência auditiva aos serviços de saúde. Metodologia: Este é um estudo quantitativo com desenho de estudo descritivo e transversal e faz parte do projeto Libras em saúde da ONG IFMSA BRAZIL (International Federation of Medical Students Association of Brazil), comitê da Universidade Federal do Pará, cujo objetivo geral é investigar o atendimento à pessoa surda na área da saúde na perspectiva acadêmica e, também, do surdo. Participaram da pesquisa 20 surdos, sendo 12 homens e 08 mulheres. Bilingues e que se comunicavam por libras. O percentual de avaliações negativas do encontro com profissionais de saúde representou 51% dentre os bilíngues; e 78% no grupo de surdos que se comunicam. Foram entrevistados 56 acadêmicos dos terceiro e quarto anos de medicina da UFPA. O pré-teste, evidenciou o desconhecimento dos alunos sobre a cultura surda e a língua de sinais. No pós-teste: os alunos conseguiram diferenciar o surdo da pessoa com deficiência auditiva pela inserção ou não na cultura surda. A inclusão do ensino de Libras como sendo disciplina do curso de medicina, se faz um importante instrumento de mudança na realidade social que o deficiente auditivo está incluído atualmente.
Abstract: The meeting between health professionals and deaf patients is usually marked by difficulty in communication. While it is a right of people with disabilities to have access to quality health services, they are often taken care of incorrectly and even in some cases are disrespected in their condition, since health services they do not have professionals capable of attending excellence to them. The physician should have the ability to communicate with patients who may or may not have these characteristics. In the context of much accessibility, it is important to disseminate knowledge about Libras among students of health courses, to contribute to the training of professionals capable of understanding and assisting the needs of those who use it as their first language. The objective of this study is to investigate the expansion of knowledge about the need for access to the hearing impaired to health services. Methodology: This is a quantitative study with a descriptive and crosssectional study design and is part of the project Libras em Saúde of the NGO IFMSA BRAZIL (Federal Federation of Medical Students Association of Brazil), a committee of the Federal University of Pará, whose general objective is to investigate the attention to the deaf person in the health area from the academic perspective, and also from the deaf person. Twenty deaf people, 12 men and 08 women, participated in the study. Bilingual and communicating for pounds. The percentage of negative evaluations of the meeting with health professionals represented 51% among bilinguals; and 78% in the group of deaf people who communicate. We interviewed 56 academics from the third and fourth years of UFPA medicine. The pre-test evidenced students' lack of knowledge about deaf culture and sign language. In the post-test: the students were able to differentiate the deaf from the hearing impaired by insertion or not in the deaf culture. The inclusion of the teaching of Libras as a discipline of the medical course, becomes an important instrument of change in the social reality that the hearing impaired is currently included
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Keywords: Libras
Saúde
Surdo
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source.uri: Disponível na Internet via correio eletrônico: bdm@ufpa.br
Appears in Collections:Faculdade de Medicina - FAMED/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_LibrasSaudeAvaliacao.pdf775,29 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons