Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1288
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Hábito alimentar e nível trófico de espécies de peixes marinhos e estuarinos da costa brasileira
metadata.dc.creator: GARCIA, Thiely Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: GIARRIZZO, Tommaso
Issue Date: 21-Dec-2009
Citation: GARCIA, Thiely Oliveira. Hábito alimentar e nível trófico de espécies de peixes marinhos e estuarinos da costa brasileira. Orientador: Tommaso Giarrizzo. 2009. 67 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Oceanografia) – Faculdade de Oceanografia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2009. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1288. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Com o objetivo de entender o papel ecológico da fauna marinha de peixes e contribuir para a construção de modelos de balanço de massa trófica, o presente estudo determinou a composição da dieta e nível trófico (TL) para 80 espécies de peixe pertencentes a 39 famílias e 21 ordens. Todas as informações quantitativas disponíveis (artigos de revistas científicas assim como literatura cinza) do conteúdo alimentar dos peixes marinhos brasileiros foram tabuladas por espécies, área de estudo e ano. Os valores de TL foram calculados usando o TrophLab, que é um aplicativo para estimar o TL e seu erro padrão (SE) a partir de dados quantitativos da composição de dieta. O TL variou de 2,03 ± 0,12 para herbívoros Hyporhamphus unifasciatus (Hemiramphidae), de 4,80 ± 0,63 para piscívoros Prionace glauca (Carcharhinidae). O valor médio de TL foi de 3,64, onde 50% dos valores de TL variaram entre 3,37 e 4,00. Foram detectadas diferenças entre nossas estimativas de TL e aquelas disponíveis por algumas espécies no FishBase. As diferenças observadas podem ser explicadas por inúmeros fatores incluindo disponibilidade e/ou composição das presas, procedimentos de amostragens, número total de estômagos analisados, variação do comprimento da população amostrada. Foram determinadas relações significativas entre os dois conjuntos de dados de TL, aqueles referentes ao presente estudo e os contidos no FishBase. Através das análises destes dados, TL e a média de TL por espécies aumentaram com o correspondente aumento do comprimento máximo do corpo das espécies. A análise de agrupamento das espécies estudadas de acordo com a contribuição dos principais itens alimentares diferenciou com uma similaridade de 45%, nove grupos tróficos distribuídos entre herbívoros e carnívoros com recursos alimentares diferenciados como por crustáceos, peixes e cefalópodes.
Abstract: With the aim to better define the ecological role of marine fish fauna and to contribute to mass balance trophic model construction, this study presents standardized diet compositions and trophic levels (TL) calculated for 80 fish species of 39 families and 21 orders. All available quantitative information (peer-viewed and gray literature articles) on stomach content of Brazilian marine fishes was tabulated by species, study area and year. TL values were calculated using TrophLab, which is a stand alone application for estimating TL and their standard errors (SE) from quantitative diet composition data. TL ranged from 2.03 ± 0.12 for the herbivorous Hyporhamphus unifasciatus (Hemiramphidae) to 4.80 ± 0.63 for the piscivorous Prionace glauca (Carcharhinidae). The median value of TL was 3.54, whereas 50% of the value of TL ranged between 3.37 and 4.00. Differences were detected between our TL estimations and those obtained for the same species from FishBase. The observed differences could be explained by a number of factors including prey availability and/or composition, sampling procedure, total number of stomachs analyzed and range of length of the sample populations. Significant relationship between of two datasets of TL (present study and FishBase) was determined. Across the datasets analyzed, TL and mean TL per species increased with a corresponding increase in species’ maximum body length. Cluster analysis carried out on contributions of main food items differentiated at a similarity of 45%, nine trophic groups characterized by herbivorous and carnivorous with different preference for crustaceans, fish and cephalopods.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::OCEANOGRAFIA
Keywords: Hábito alimentar
Peixe
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Oceanografia - FAOC/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_HabitoAlimentarTrofico.pdf749,3 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons