Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1268
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Extensão da intrusão no estuário Mocajuba e sua influência dos parâmetros físico químicos e qualidade de água
metadata.dc.creator: GOMES, Jacqueline Ellen Pinheiro
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVA, Iranilson Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor-co1: ROLLNIC, Marcelo
Issue Date: 20-Dec-2018
Citation: GOMES, Jacqueline Ellen Pinheiro. Extensão da intrusão no estuário Mocajuba e sua influência dos parâmetros físico químicos e qualidade de água. Orientador: Iranilson Oliveira Silva. 2018. 70 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Oceanografia) - Faculdade de Oceanografia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1268. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O estuário Mocajuba localiza-se ao norte do Brasil, na região do salgado paraense e desagua diretamente no oceano atlântico sendo influenciado pelas águas fluviais e marinhas. O objetivo deste estudo é analisar a extensão da intrusão salina no estuário Mocajuba e sua influência nos parâmetros físico quimicos e qualidade da água. Para isso foram feitas duas campanhas, uma no período seco e outra no período chuvoso da região, em condições de maré de sizígia. As propriedades físico-químicas foram medidas in situ nas estações ao longo de um perfil longitudinal a cada 1 km, totalizando 35 quilômetros amostrados, para isto, foram utilizados um medidor multiparâmetro e um mini CTD ao longo da coluna d’água. Na seção transversal as medições dos parâmetros físico químicos foram realizadas simultaneamente com o registro das direções e velocidades das correntes com o auxílio de um ADCP, durante um ciclo de maré (13 horas). Observou-se a presença de um gradiente longitudinal de salinidade resultante da mistura entre água do mar e águas continentais. Durante o período seco a extensão da intrusão salina é observada em todo o trecho analisado, e durante o período chuvoso a salinidade é diluida pela ação das chuvas e vazão fluvial, observam-se concentrações de salinidade nulas próximas ao trecho 35 do estuário. Verticalmente não foram observadas grandes variações de salinidade permitindo classificar o estuário como verticalmente homogênio. Em ambos os períodos sazonais foi observado um gradiente longitudinal decrescente, da foz à montante, das concentrações de condutividade, potencial hidrogênionico, oxigênio dissolvido e sólidos totais dissolvidos no estuário Mocajuba. As médias de condutividade, salinidade, sólidos totais dissolvidos e temperaturas foram mais elevadas no período seco, e no período chuvoso foram observadas maiores médias de turbidez, pH e oxigênio dissolvido. Os parâmetros físico químicos variaram em função da sazonalidade e ciclo de maré e observou-se o domínio da vazante perante a enchente. Durante o período de enchente a direção das correntes é da foz à montante e a direção é invertida durante a vazante. A análise dos parâmetros físico químicos permitiu concluir que as águas do estuário não são adequadas para o consumo humano devido as concentrações de salinidade apresentar-se elevadas mesmo no período chuvoso, porém, estão adequadas para atividades recreativas, pesca e outros usos. Os limites de concentração de cada parâmetro com exceção do oxigênio dissolvido, estão dentro dos limites estabelecidos pela resolução, sendo assim, o estuário apresenta-se livre de fontes contaminantes.
Abstract: The estuary of the Mocajuba river is located to the north of Brazil, in the salty region of Pará and empty directly into the Atlantic Ocean being influenced by the fluvial and marine waters. The objective of this study is to analyze the extent of saline intrusion in the estuary of the Mocajuba River and its influence on physical parameters and water quality. For this, two campaigns were carried out, one in the dry period and in the rainy season of the region, under tidal conditions of spring tide. The physico-chemical properties were measured in situ in the stations along a longitudinal profile every 1 km, totaling 35 km sampled, for which a multi-parameter meter and a mini CTD were used along the water column. In the cross section the measurements of the chemical physical parameters were carried out simultaneously with the recording of the directions and velocities of the currents with the aid of an ADCP during a tide cycle (13 hours). It was observed the presence of a longitudinal salinity gradient resulting from the mixture between sea water and continental waters. During the dry period the extent of saline intrusion is observed throughout the analyzed section, and during the rainy season salinity is diluted by the action of rainfall and fluvial flow, null salinity concentrations close to the 35th stretch of the estuary are observed. Vertically no large variations of salinity were observed allowing to classify the estuary as vertically homogenous. In both seasonal periods a decreasing longitudinal gradient of conductivity, hydrogenation potential, dissolved oxygen and total dissolved solids concentrations was observed in the Mocajuba estuary. The mean conductivity, salinity, total dissolved solids and temperatures were higher in the dry period, and in the rainy season, higher averages of turbidity, pH and dissolved oxygen were observed. The chemical physical parameters varied according to the seasonality and tidal cycle, and the flood effluent domain was observed. During the flood period the direction of the currents is from the upstream mouth and the direction is reversed during the ebb. The analysis of the physical and chemical parameters allowed us to conclude that estuarine waters are not suitable for human consumption because salinity levels are high even in the rainy season, but are suitable for recreational activities, fishing and other uses. The concentration limits of each parameter with the exception of dissolved oxygen are within the limits established by the resolution, thus, the estuary is free of contaminant.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::OCEANOGRAFIA::OCEANOGRAFIA FISICA
Keywords: Salinidade
Parâmetros físico-químicos
Qualidade da água
Estuários
Pará - Estado
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Oceanografia - FAOC/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_ExtensaoIntrusaoSalina.pdf2,83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.