Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1208
Compartilhar:
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1SILVA, Paulo Lucas da-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9416262645462548pt_BR
dc.creatorSILVA, Aline Alves da-
dc.date.accessioned2019-03-15T20:48:22Z-
dc.date.available2019-03-15T20:48:22Z-
dc.date.issued2018-11-07-
dc.identifier.citationSILVA, Aline Alves da. Educação e emancipação: reflexões sobre a práxis docente. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) -- Campus Universitário de Castanhal, Universidade Federal do Pará, Castanhal, 2018. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1208. Acesso em:.pt_BR
dc.identifier.urihttp://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1208-
dc.description.resumoO presente trabalho tem como principal objetivo fazer reflexões sobre a práxis docente, da sua importância como elemento primordial para a produção de uma consciência verdadeira e alguns caminhos que possam levar à emancipação humana. Este trabalho foi produzido na forma ensaística, que é uma forma admitida pelo meu autor base Theodor Adorno em “O Ensaio Como Forma”, e como fundamentação teórica, realizou-se uma pesquisa bibliográfica e fez-se a análise de dois textos do livro “Educação e Emancipação”. Notou-se, ao longo da pesquisa, que o trabalho docente não pode estar desvinculado da reflexão de suas ações dentro e fora da sala de aula, pois é a partir disto que o docente consegue melhorar a sua prática de ensino/aprendizagem e tornar possível o trabalho da emancipação humana por meio da educação, libertando os sujeitos da alienação. Em uma sociedade democrática, faz-se necessário que o indivíduo se emancipe para que possa refletir sobre o seu comportamento no mundo, romper com os mecanismos de alienação dominante e que consiga fazer suas próprias decisões conscientes, em um processo contínuo de exercício da sua autonomia, mas isso só se torna possível na educação à medida que a escola se atualiza sobre a realidade dentro e fora dos seus muros. Alguns caminhos podem orientar tanto o professor quanto o aluno a realizar a sua emancipação, que é um processo permanente e dura a vida inteira. Os modelos ideais são um dos grandes empecilhos que a educação precisa romper, pois padronizam o comportamento das pessoas e castram nelas a capacidade de serem autônomas e de se construírem a partir da realidade em que estão inseridas por meio de suas experiências subjetivas e coletivas. As escolas têm se preocupado somente em transmitir conhecimentos desconectados da realidade do aluno, oferecendo a ele uma formação cabal e voltada para o mercado de trabalhado, esquecendo que esse sujeito precisa se orientar no mundo em que vive de maneira crítica/reflexiva e autônoma. Foram discutidos, além deste, outros temas acerca da educação ao longo do presente trabalho, tais quais: educação escolar e realidade social, relação professor e aluno, educação e democracia, educação para a superação das desigualdades e as dificuldades de trabalhar pela emancipação humana. O que me levou a fazer uma pesquisa em Theodor Adorno foi a curiosidade que despertei sobre ele em uma disciplina durante a graduação, a qual a professora apresentou, pela primeira vez, este autor para a turma em uma de suas aulas e nos propôs a fazer um fichamento crítico do texto “Educação – para quê?”, trabalho este que me fez conhecer um pouco sobre as reflexões filosóficas dele a respeito da educação que, apesar se serem feitas no século passado, permanecem atuais e nos ajudam a discutir as questões educacionais que se apresentam hoje. Fundamentar teoricamente este trabalho unicamente nos dois textos de Adorno foi uma decisão que partiu de mim e do meu orientador. As reflexões mostradas no presente trabalho mostram a importância da práxis docente para a vida dos indivíduos, da educação de qualidade que esteja para além dos muros da escola e da produção de uma consciência verdadeira que possa libertar esses indivíduos das suas condições de quem é sempre dominado e impedido de viver uma vida edificante.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Camila Brito (camilabrito@ufpa.br) on 2019-03-14T20:25:35Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) TCC_EducacaoEmancipacaoReflexoes.pdf: 390842 bytes, checksum: 8618a7668ad0a7ff5c8d414d523adc74 (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Camila Brito (camilabrito@ufpa.br) on 2019-03-15T20:48:22Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) TCC_EducacaoEmancipacaoReflexoes.pdf: 390842 bytes, checksum: 8618a7668ad0a7ff5c8d414d523adc74 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2019-03-15T20:48:22Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) TCC_EducacaoEmancipacaoReflexoes.pdf: 390842 bytes, checksum: 8618a7668ad0a7ff5c8d414d523adc74 (MD5) Previous issue date: 2018-11-07en
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 DVDpt_BR
dc.subjectPrática de ensinopt_BR
dc.subjectEmancipaçãopt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADASpt_BR
dc.titleEducação e emancipação: reflexões sobre a práxis docentept_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso - Graduaçãopt_BR
Appears in Collections:Faculdade de Pedagogia - FAPED/CCAST

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EducacaoEmancipacaoReflexoes.pdf381,68 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons