Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1136
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Estrutura e dinâmica da comunidade fitoplanctônica em um reservatório paraense
metadata.dc.creator: ALVES, Felipe Lopes
metadata.dc.contributor.advisor1: BEZERRA, Marcia Francineli da Cunha
metadata.dc.contributor.advisor-co1: NAKAYAMA, Luiza
Issue Date: 19-Dec-2018
Citation: ALVES, Felipe Lopes. Estrutura e dinâmica da comunidade fitoplanctônica em um reservatório paraense. Orientadora: Márcia Francineli da Cunha Bezerra. 2018. 28 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Oceanografia) - Faculdade de Oceanografia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1136. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo teve como objetivo caracterizar a comunidade fitoplanctônica do reservatório da Usina Hidrelétrica de Tucuruí, uma vez que estes corpos hídricos são construções para diversos fins exploratórios como abastecimento público, aquicultura, lazer e obtenção de energia. As amostras biológicas foram coletadas em 7 pontos georrefenciadas, sendo quatro à montante e três na região de lago ao longo do reservatório, em dois períodos sazonais (chuvoso: meses de março e dezembro de 2011 e março de 2012 e não chuvoso: junho e setembro de 2011 e junho de 2012) em arrastos horizontais na subsuperfície da água durante cinco minutos, utilizando-se rede de plâncton cônica e cilíndrica (malha de 20μm de abertura). Concomitantemente, foram registrados os parâmetros físicos e químicos (temperatura, pH e oxigênio dissolvido) na superfície da água, os quais estiveram dentro da normalidade para a região Amazônica. Foi identificado um total de 86 espécies, distribuídas em 29 gêneros, 18 famílias e oito classes. Em relação à composição e à distribuição da comunidade fitoplanctônica, as Zignematophyceae e as Chlorophyceae foram os grupos mais representativos, assim como as mais abundantes. Com relação à frequência de ocorrência, os valores seguiram o mesmo padrão da abundância relativa, apresentando espécies muito frequentes (100% de ocorrência) de acordo com os grupos mais abundantes. A densidade fitoplanctônica foi maior nos meses de menor pluviosidade, devido ao aumento da zona eufótica e consequente aumento da densidade fitoplanctônica. Os índices de diversidade e de equitabilidade não apresentaram valores diferentes entre pontos amostrais e o período de estudo. A riqueza de espécies apresentou valores abaixo do esperado por Jacknife 1 e Jacknife 2 demonstrando que a ocorrência de espécies não alcançou a assíntota desejada para a área de estudo. De modo geral, a composição florística, abundância relativa, frequência de ocorrência, densidade, diversidade, equitabilidade e riqueza de espécies no reservatório da Usina Hidrelétrica de Tucuruí sugerem que a dinâmica fluvial ainda está conseguindo dispersar os poluentes oriundos das ações antrópicas, permitindo que este ecossistema se mantenha em boas condições para a comunidade aquática e o uso público.
Abstract: The present study had as objective to characterize the phytoplankton community of the reservoir of the Tucuruí Hydroelectric Plant, since these water bodies are constructions for various exploratory purposes such as public water supply, aquaculture, leisure and power generation. The biological samples were collected in seven georeferenced points, four upstream and three in the lake region along the reservoir, in two seasonal periods (rainy and not rainy) in the months of March, June, September and December of 2011, and March and June 2012 in horizontal trawls in the subsurface of the water during five minutes, using conical plankton and cylindrical mesh (20μm opening mesh). In real time, physical and chemical parameters (temperature, pH and dissolved oxygen) were recorded on the surface of the water, which were within the normal range for the Amazon region. A total of 86 species were identified, distributed in 29 genera, 18 families and eight classes. In relation to the composition and distribution of the phytoplankton community, Zignematophyceae Chlorophyceae were the most representative groups, as well as the most abundant ones. Regarding the frequency of occurrence, the values followed the same pattern of relative abundance, presenting very frequent species (100% occurrence) according to the most abundant groups. The phytoplankton density was higher in the months of lower rainfall, due to the increase of the euphotic zone and consequent increase of the phytoplankton density. The diversity and equitability indices did not show different values between sample points and the study period. Species richness presented values below that expected by Jacknife 1 and Jacknife 2 demonstrating that the occurrence of species did not reach the desired asymptote for the study area. In general, the floristic composition, relative abundance, frequency of occurrence, density, diversity, equitability and species richness in the reservoir of the Tucuruí Hydroelectric Plant suggest that the river dynamics is still able to disperse pollutants from anthropic actions, ecosystem remains in good condition for the aquatic community and public use.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::OCEANOGRAFIA::OCEANOGRAFIA BIOLOGICA
Keywords: Fitoplâncton
Bioindicadores
Usina Hidrelétrica de Tucuruí - PA
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Oceanografia - FAOC/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EstruturaDinamicaComunidade.pdf1,34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.