Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/1027
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Triângulos pitagóricos, ternos pitagóricos e suas propriedades
metadata.dc.creator: COSTA, Eliel de Araujo e Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: CORRÊA, Manoel Lima
Issue Date: 6-Sep-2018
Citation: COSTA, Eliel de Araujo e Silva. Triângulos pitagóricos, ternos pitagóricos e suas propriedades. Orientador: Manoel Lima Corrêa. 2018. 43 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Matemática) – Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia, Universidade Federal do Pará, Abaetetuba, 2018. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/1027. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho é dedicado ao estudo dos triângulos Pitagóricos, bem como os ternos dos números que representam seus lados, sua forma algébrica e geométrica. Mostram-se algumas de suas propriedades, como eles se apresentam e como reconhecer esses ternos, apresenta-se também à fórmula geradora tanto de ternos pitagóricos primitivos, como os não primitivos e uma consequência dessa fórmula é que os triângulos obtidos através dela são retângulos. Provar-se que existem infinitos ternos Pitagóricos primitivos através de uma variação da fórmula citada anteriormente e consequentemente infinitos triângulos Pitagóricos primitivos. Aplicando-se os conceitos, lemas e propriedades estudadas sobre os ternos Pitagóricos nesse trabalho num caso particular do teorema de Fermat. Mas antes falar-se um pouco do contexto histórico e sobre o matemático que da o nome a essa classe de triângulos, quem foi Pitágoras? Também se aborda a descoberta de uma tábua de pedra do período babilônico e com ela descobrir que antes de Pitágoras esses triângulos já eram conhecidos e estudados pelos babilônios, apresentar-se conceitos básicos sobre triângulos e uma demonstração do Teorema de Pitágoras.
Abstract: The present work is devoted to the study of the Pythagorean triangles, as well as the suits of numbers representing their sides, their algebraic and geometric form. Some of their properties, how they present themselves, and how to recognize these suits, are also presented to the generating formula of both primitive and non-primitive Pythagorean suits, and a consequence of this formula is that the triangles obtained through it are rectangles. To prove that there are infinite primitive Pythagorean suits through a variation of the formula quoted above and consequently infinite primitive Pythagorean triangles. Applying the concepts, lemmas and properties studied on the Pythagorean suits in this work in a particular case of Fermat's theorem. But before we speak a little of the historical context and about the mathematician who gives the name to this class of triangles, who was Pythagoras? It also addresses the discovery of a stone tablet from the Babylonian period and with it discover that before Pythagoras these triangles were already known and studied by the Babylonians, to present basic concepts on triangles and a demonstration of the Pythagorean Theorem.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::MATEMATICA
Keywords: Triângulos pitagóricos
Ternos pitagóricos
Teorema de Pitágoras
Pythagorean triangles
Pythagorean suits
Pythagorean Theorem
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Curso de Matemática - CABAE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_TriangulosPitagoricosTernos.pdf999,21 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons